Wilton Hoots / Ceará SC
Wilton Hoots / Ceará SC

Ceará tenta se manter fora da zona da degola na estreia do técnico Argel

Time alvinegro tem 37 pontos, enquanto o Cruzeiro, primeiro no Z-4, tem 36

Redação, Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2019 | 13h55

Sem vencer há quatro jogos, com três derrotas e um empate, o Ceará apostou na contratação do técnico Argel Fucks para tentar reagir nas três rodadas finais do Campeonato Brasileiro e se livrar do rebaixamento. A estreia do novo comandante será diante da torcida cearense, no Castelão, onde o time receberá o Athletico-PR, a partir das 19 horas deste sábado, pela 36.ª rodada.

Argel chegou para substituir Adilson Batista, demitido após goleada por 4 a 1 sofrida diante do Flamengo, resultado que deixou o Ceará em 16.º lugar, com 37 pontos, apenas um acima do Cruzeiro, primeiro time dentro da zona da degola. Nos outros dois jogos no fim do campeonato, o time vai receber o Corinthians e visitar o Botafogo, no Rio.

A escolha pelo treinador causou polêmica, uma vez que ele estava trabalhando no CSA, adversário direto da sua nova equipe na briga pela permanência na elite. "Com todo respeito ao CSA,o Ceará está um degrau acima. O CSA era um clube que estava há 30 anos sem jogar Série A, com menor investimento. A gente passa para um patamar diferente. No Ceará há estrutura operacional, vários campos, o roupeiro trabalhou comigo, o nutricionista e vários jogadores. A gente vai colocando tudo na balança", explicou Argel durante a coletiva de apresentação.

Depois de vencer o Cruzeiro por 1 a 0, sob o comando do CSA, na quinta-feira no Mineirão, Argel já estava trabalhando em Fortaleza no final da tarde desta sexta-feira. Ele optou por não fazer mistério e confirmou a equipe que levará a campo. O volante Willian Oliveira, o meia Lima e o atacante Leandro Carvalho entram no time nos lugares de Ricardinho, Pedro Ken e Chico. Além disso, o lateral-direito Samuel Xavier, suspenso, será substituído por Cristovam.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.