Ceará vence o Atlético-PR e deixa zona de rebaixamento

Em um jogo sem muitas chances de gol, o Ceará aproveitou pênalti desperdiçado por Paulo Baier e derrotou o Atlético-PR, por 1 a 0, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, emplacando a terceira partida consecutiva sem perder na Série B do Campeonato Brasileiro. A partida foi válida pela sétima rodada.

AE, Agência Estado

23 de junho de 2012 | 18h58

Depois de um início ruim na competição, no qual acumulou três derrotas nas quatro partidas iniciais, o time cearense conseguiu finalmente emplacar uma sequência de jogos pontuando. Com o resultado deste sábado, o time alvinegro saiu da zona de rebaixamento da competição e subiu para a 12ª colocação, com oito pontos.

Por outro lado, o Atlético-PR chegou ao segundo jogo sem vencer. Com a derrota deste sábado, o time rubro-negro caiu uma posição na tabela, e agora ocupa a sétima colocação, com sete pontos ganhos, mesma pontuação de outros quatro clubes.

A partida começou bem agitada e, logo aos 2 minutos, os donos da casa chegaram com Robston. Porém, que marcou primeiro foram os donos da casa. Aos 21 minutos, Romário tentou tabelar com Mota, a bola desviou no zagueiro adversário e caiu novamente no pé do atacante alvinegro, que limpou a marcação e abriu o placar.

Precisando do resultado, o Atlético-PR saiu mais para o jogo na etapa complementar, mas não conseguiu levar muito perigo ao adversário. A maior chance de empatar a partida foi desperdiçada por Paulo Baier. O meia perdeu uma cobrança de pênalti aos 40 minutos e deixou escapar o empate.

O Ceará volta a entrar em campo na próxima sexta-feira, contra o Criciúma, novamente no Presidente Vargas. A partida será realizada às 21h. Já o Atlético-PR enfrenta terá o desafio de enfrentar o América-MG, na próxima sexta-feira, às 16h20.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 1 x 0 Atlético-PR

CEARÁ - Fernando Henrique; Apodi, Luizão, Daniel Marques e Eusébio; Everton (Heleno), Jardel, Robston e Rogerinho (Misael); Mota e Romário (Itamar). Técnico - PC Gusmão.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Gabriel Marques (Ricardinho), Manoel, Cleberson e Heracles (Bruno Costa); Deivid, Renan Teixeira, Paulo Baier e Pablo; Edigar e Fernandão (Bruno Mineiro). Técnico - Ricardo Drubscky.

GOL - Romário, aos 21 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Gleison Santos Oliveira (BA).

CARTÕES AMARELOS - Luizão, Romário, Robston, Apodi, Daniel Marques e Renan Teixeira.

PÚBLICO e RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.