Ceará vence Oeste na estreia de Marcelo Chamusca e se reabilita na Série B

Time nordestino contou com gols de Valdo, Pedro Ken e Rafael Carioca

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2017 | 18h50

Após dois empates seguidos e uma derrota, o Ceará conseguiu se reabilitar na décima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Neste sábado, o time comandado pela primeira vez por Marcelo Chamusca recebeu o Oeste no Estádio Presidente Vargas e, sem sofrimento, venceu por 3 a 0. Valdo, Pedro Ken e Rafael Carioca marcaram os gols dos donos da casa.

Com a vitória, o Ceará chega aos 15 pontos e volta a entrar na briga para figurar na zona do acesso à elite do futebol brasileiro. Já o Oeste, que tinha empatado nas últimas cinco rodadas, permanece com 12 pontos e está na zona do rebaixamento, no 17.º lugar.

O Ceará entrou em campo destinado a vencer a qualquer custo. Como incentivo, os jogadores tinham a estreia do técnico Marcelo Chamusca, ex-Paysandu, no banco de reservas no lugar de Givanildo Oliveira. E a mudança parece ter dado certo. Com tranquilidade e jogando melhor, os donos da casa construíram os gols com naturalidade ainda no primeiro tempo.

O zagueiro Valdo, que tinha desperdiçado uma boa chance aos quatro minutos, aproveitou a cobrança de escanteio para abrir o placar aos 18 minutos. A bola veio rasteira, mas ninguém tirou e o defensor completou para o gol. Perdido em campo, o Oeste nada fez para assustar o adversário, e ainda viu o placar ser ampliado.

Quatro minutos depois Raul, recebeu na direita e colocou na cabeça de Pedro Ken, que estava um pouco à frente, mas completou para o fundo do gol. O placar fez o Ceará diminuir o ritmo, mas conseguiu marcar o terceiro gol nos minutos finais. Rafael Carioca aproveitou o rebote na área, cortou a marcação e finalizou no ângulo, dando números finais ao primeiro tempo.

Com a vantagem, o Ceará voltou para a etapa final apenas para segurar o resultado. O time até se lançou ao ataque em algumas oportunidades, mas diferentemente do primeiro tempo, quando foi avassalador, só fez o goleiro Rodolfo trabalhar com Ricardinho, em chute cruzado e em uma cobrança de falta.

Por sua vez, o Oeste tentou incomodar os donos da casa. Pela direita, o time paulista até chegou duas vezes, mas sem dar trabalho a Éverson. A situação ficou mais difícil quando Erick foi expulso aos 34 minutos. Roberto Cavalo até fez mudanças no time para buscar um equilíbrio maior e tentar, pelo menos, diminuir o placar, mas sem sucesso.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Oeste joga na Arena Barueri contra o Santa Cruz, às 16h30, enquanto o Ceará vai até Curitiba para enfrentar o Paraná, no Durival de Britto, no mesmo horário.

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ 3 X 0 OESTE

CEARÁ - Everson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Valdo e Rafael Carioca (Pio); Richardson, Pedro Ken (Rafinha) e Raul; Ricardinho, Magno Alves e Roberto (Cafu). Técnico: Marcelo Chamusca.

OESTE - Rodolfo; Willian Cordeiro, Joilson, Leandro Amaro e Ricardinho (Velicka); Lídio, Betinho e Mazinho; Júlio César (Erick), Danielzinho (Raphael Luz) e Alexandro. Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Valdo, aos 18, Pedro Ken, aos 22, e Rafael Carioca, aos 42 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Junior (PR).

CARTÕES AMARELOS - Erick, Júlio César, Leandro Amaro e Lídio (Oeste)

CARTÃO VERMELHO - Erick (Oeste).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE).

Tudo o que sabemos sobre:
Série BfutebolCeará

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.