Celso Roth diz que Atlético-MG é o alvo de adversários

Treinador afirma que a liderança do Campeonato Brasileiro deixa a sua equipe mais visada pelas outras

Agencia Estado

25 de junho de 2009 | 20h46

A liderança conquistada pelo Atlético Mineiro no Campeonato Brasileiro chega após uma invencibilidade de nove partidas, iniciada em 3 de maio com o empate contra o Cruzeiro, na segunda final do Campeonato Mineiro. Desde então, venceu o Vitória na Copa do Brasil - foi eliminado nos pênaltis - e não perdeu no Brasileirão. Para o técnico Celso Roth, no entanto, o bom retrospecto e a liderança podem incomodar, já que deixa a equipe como principal alvo.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"A gente foca jogo por jogo, pensando que cada jogo é uma decisão, e vai ser sempre assim. Não adianta fazer projeção porque todo jogo é difícil e tem a sua dificuldade única e específica. O Barueri é um time certinho, com esquema tático definido e teremos muita dificuldade, até porque passamos a ser alvo e todos querem ganhar do Atlético", afirmou o treinador.

No sábado, às 16h10, fora de casa, o time de Celso Roth terá pela frente o Barueri, sétimo colocado na competição com dez pontos conquistados. E mesmo que perca, dificilmente o Atlético Mineiro será ultrapassado: com 14 pontos, o Internacional pode chegar a 17, os mesmos do líder, mas precisaria tirar um saldo de nove gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.