Celso Roth é demitido do comando técnico do Vasco

Queda de rendimento no Campeonato Brasileiro e risco de rebaixamento fazem diretoria tomar atitude

22 de outubro de 2007 | 16h26

Apesar da diretoria do Vasco não adotar tal prática, o técnico Celso Roth foi demitido de seu cargo nesta segunda-feira, após a derrota por 1 a 0 diante do Atlético-MG, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro, deixando a equipe numa situação delicada na competição.   Veja também:  Romário será o treinador do Vasco diante do América-MEX Romário dará certo como técnico do Vasco?   Celso Roth esteve à frente do Vasco em 37 jogos, com 15 vitórias, sete empates 15 derrotas, com um aproveitamento aquém do esperado. No começo do Brasileirão, o Vasco chegou a estar entre os três primeiros colocados, sonhando com o título, mas derrotas em casa para São Paulo e Cruzeiro fizeram o rendimento da equipe desmoronar.   Hoje, o Vasco ocupa a modesta 12.ª colocação, com 43 pontos, cinco a mais que o primeiro na zona de rebaixamento, o Corinthians, e a diretoria do clube carioca não vê poder de reação no elenco sob o comando de Roth.   Além disso, o Vasco luta pelo título da Copa Sul-americana, e joga nesta quarta-feira, em São Januário, diante do América-MEX, em busca de uma vaga na semifinal. Para tanto, precisa ao menos vencer por 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.   Roth assumiu o Vasco para continuar com o estilo de jogo imposto por Renato Gaúcho, que passou mais de ano no comando do time carioca. A princípio, a mudança deu certo e os resultados apareceram, mas a queda de rendimento, a partir do mês de setembro, foi a gota d'água para a saída do treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série AVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.