Celso Roth exalta meias do Grêmio após vitória em clássico

O Grêmio conseguiu se reabilitar no Campeonato Brasileiro ao vencer o Internacional por 2 a 1, domingo, no Estádio Olímpico, graças ao bom desempenho dos seus meias. Os gols da vitória foram feitos por Marquinhos e Douglas, enquanto o argentino Escudero sofreu um pênalti. A atuação destacada do trio foi elogiada pelo técnico Celso Roth, que anteriormente havia declarado ser difícil escalar Douglas e Marquinhos juntos.

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2011 | 09h58

"O rendimento deles no treino me convenceu. Vocês lembram quando eu cheguei aqui, eu fui bem claro na minha declaração. Eu disse que no dia em que eles me provassem que poderiam jogar juntos, eles jogariam. Hoje eles foram bem, são jogadores que se entendem. São jogadores de qualidade, técnica e se conseguirem juntos cortar os caminhos e recompor rapidamente, serão muito úteis. Estão de parabéns os dois", afirmou o treinador, que também exaltou o desempenho de Escudero.

"O Escudero precisa de confiança. Eu mesmo demorei três jogos pra colocar o Escudero em campo e ele me deu a resposta. A partir de hoje, se me der resposta, ele será o jogador de meio. É um atleta tecnicamente muito qualificado, como costumam ser os jogadores argentinos, e rápido. Hoje vocês viram isso", disse.

Para Roth, a vitória sobre o Internacional poderia ter sido conquistada com mais tranquilidade. "O Grêmio fez uma partida muito boa. Durante os 95 ou 96 minutos de bola rolando dominou completamente o internacional. Hoje o Grêmio, na minha opinião, com respeito ao adversário, mereceu ganhar e até de mais", comentou.

Com o triunfo, o Grêmio alcançou o 15º lugar no Campeonato Brasileiro, com 21 pontos. Por isso, Roth descarta qualquer clima de euforia na equipe."Hoje nós demos um passo importante, mas só um passo. Quarta-feira, vamos enfrentar o Corinthians e pretendemos jogar da mesma forma", disse.

Para o jogo contra o Corinthians, quarta-feira, no Pacaembu, Roth não poderá contar com o suspenso Mário Fernandes, que atuou como lateral-direito no clássico. "O Mario tá fora do próximo jogo, infelizmente, mas ele é um jogador que tanto faz a lateral, zagueiro e volante com qualidade. Hoje ele teve uma atuação de luxo. Marcou e saiu pra jogar com qualidade. Não vou ter o Mário no próximo jogo, mas espero que o Gabriel se recupere", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.