Celso Roth fecha treino, mas deve manter Anderson Salles de volante no Vasco

O Vasco realizou neste sábado o último treino antes do clássico contra o Fluminense, neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com portas fechadas para a imprensa, o técnico Celso Roth não deu pistas sobre a escalação da equipe, mas não deve mudar muita coisa em relação à vitória sobre o América-RN, pela Copa do Brasil.

Estadão Conteúdo

18 de julho de 2015 | 16h37

"Treinamos muito bem, apesar de estarmos em um ritmo alucinante, saindo de um jogo, indo para outro decisivo. Nós fizemos hoje (sábado) um treinamento tático, onde tivemos que segurar muito, apesar de ter tido tempo razoável de 45 minutos. O treinamento tático é mais em termos de ideia do que movimentação física", comentou o treinador.

A principal novidade que foi testada e aprovada na partida da última quarta-feira foi o deslocamento do zagueiro Anderson Salles para o meio de campo. O jogador comentou que se sentiu à vontade na nova função e se colocou à disposição para o clássico.

"Com o Doriva nunca tinha jogado de volante. O Celso, que me colocou nessa posição contra o América-RN, pediu para que eu fizesse a cobertura dos dois zagueiros. Eu me sinto à vontade, não vou muito para frente, só para posicionar mesmo. Tem que estar ligado no meio. Esta é uma posição nova que gostei de jogar", comentou o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.