Celso Roth garante convicção em trabalho no Grêmio

Apesar do derrota por goleada para o Vasco, no sábado, o técnico Celso Roth mantém-se seguro de suas decisões no Grêmio. No treino desta terça-feira, o treinador voltou a escalar a equipe sem grandes mudanças, apenas substituições naturais por conta de suspensões.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2011 | 19h59

Assim como na segunda-feira, Rafael Marques ocupou a vaga de Saimon e Bruno Collaço treinou no lugar de Julio Cesar. Exceção aos dois suspensos, a equipe que enfrentará o Botafogo, quinta, no Olímpico, será a mesma que perdeu de 4 a 0 para o Vasco.

"Significa convicção no trabalho. Não são resultados positivos ou um resultado negativo que vai mudar a convicção da gente. Quando decidimos por este tipo de esquema é porque acreditávamos que esses jogadores poderiam dar resultado. Está fora da minha maneira de pensar mudar tudo por causa de um resultado negativo", explicou Celso Roth.

Antes do treino desta terça-feira, em que os reservas se postaram como costuma atuar o Botafogo, os jogadores assistiram um vídeo mostrando os principais erros da equipe contra o Vasco. O elenco treina mais uma vez, na quarta-feira à tarde, antes de enfrentar mais um carioca. O time deverá ter: Victor; Mário Fernandes, Edcarlos, Rafael Marques e Bruno Collaço; Rochemback, Fernando, Marquinhos, Douglas e Escudero; André Lima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.