Celso Roth mantém time titular e deixa Maxi como opção

O técnico Celso Roth poderá colocar em campo a força máxima do Grêmio na partida desta quarta-feira, contra o Aurora, na Bolívia, pela Copa Libertadores. Sem problemas para escalar o time, o treinador preferiu manter os titulares, deixando o argentino Maxi López no banco de reservas. Como o atacante se destacou nas últimas duas partidas pelo Campeonato Gaúcho, inclusive marcando um gol, havia a possibilidade de ele ganhar uma vaga no ataque gremista.

AE, Agencia Estado

24 de março de 2009 | 18h27

Sem Maxi, a dupla de frente será formada por Jonas e Alex Mineiro. O esquema tático segue sendo o 3-5-2, com Léo, Réver e Rafael Marques formando a zaga. No meio-de-campo, Douglas Costa e Makelele, que vêm subindo de produção, também pleiteavam uma chance. No entanto, Roth manterá os atuais titulares: Ruy, Adilson, Tcheco, Souza e Fábio Santos.

Depois de ter uma recepção calorosa em Santa Cruz de la Sierra na noite desta segunda-feira, com vários torcedores gremistas presentes ao aeroporto, o Grêmio permanece na cidade boliviana até horas antes do jogo. A estratégia visa evitar a altitude de 2,5 mil metros em Cochabamba, local do jogo desta quarta. Buscando a liderança do Grupo 7, o Grêmio enfrenta o lanterna Aurora, que ainda não somou pontos na Libertadores, às 21h50 (de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.