Celso Roth quer mais do Palmeiras

A atuação do Palmeiras na vitória por 4 a 1 sobre o Sport Boys, pela Taça Libertadores da América, em Lima, agradou ao técnico Celso Roth, mas ele tem consciência de que a equipe ainda não se livrou da fase difícil pela qual passa, ocupando a penúltima colocação no Campeonato Paulista."Transformamos o bom futebol em resultado dentro de campo", comemorou Roth, nesta quinta-feira, referindo-se à boa produção ofensiva do lateral-esquerdo Felipe, dos meias Lopes e Alex, e do atacante Tuta. Para o técnico, no entanto, mesmo com o esquema 3-5-2 armado às pressas para enfrentar a equipe peruana, o Palmeiras ainda não alcançou o equilíbrio.Roth acredita que somente com um triunfo sobre o União Barbarense, domingo, em Santa Bárbara d?Oeste, pelo Paulista, ele poderá realmente impor a sua filosofia no clube. "Ainda não tive tempo de planejar nada", observou o treinador, preocupado em tirar a equipe das últimas colocações do Estadual.Após o jogo, ele terá uma semana para preparar a equipe para seu próximo compromisso, contra o São Caetano, no Palestra Itália, pelo campeonato estadual. Para Roth, o acúmulo de jogos e a pressão pelos resultados não permitiram que ele colocasse seus planos em prática. "Até agora só trabalhei na base da conversa", ressaltou o treinador.Mas até lá, o grupo ainda terá de lidar com o desgaste físico. A equipe só sairia do Peru na noite desta quinta-feira, chegando a São Paulo na madrugada desta sexta-feira. Mesmo cansados, os jogadores já terão de treinar à tarde na Academia de Futebol. A derrota por 3 a 0 para o São Paulo, no domingo, alertou o treinador que pretende tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Paulista, tendo feito 6 pontos em 8 jogos.Roth disse ainda que já conversou com a diretoria do clube e pediu a contratação de dois reforços para a próxima fase da Libertadores. "Mas agora estou preocupado em trabalhar com o que tenho em mãos", garantiu o treinador.Habilidade - Para o lateral-esquerdo Felipe, o destaque da equipe na vitória sobre o Sport Boys, ainda é cedo para se falar na classificação do Palmeiras para a próxima fase da Libertadores. A equipe chegou à liderança do grupo 2, com 6 pontos, ao lado do Cerro Porteño, do Paraguai. Com muita habilidade, Felipe desequilibrou o jogo, dando dribles desconcertantes em seu marcador, o lateral Silvera.O jogador observou que, no momento em que a equipe acertou a colocação em campo, não deu chances para o adversário. "Com isso, conseguimos vencer até com facilidade", resumiu Felipe, que já mostrou melhor condicionamento físico.Nas duas partidas em que havia atuado pelo Palmeiras, por ter ficado muito tempo parado, Felipe mal agüentou os primeiros 45 minutos de jogo. Na próxima partida, o técnico poderá escalar o volante Galeano e o zagueiro Thiago Matias, além do lateral-direito Daniel, que não enfrentaram o São Paulo por estarem suspensos. Já o meia Alex, passou a ser dúvida. Após a partida de quarta-feira, ele reclamou de dores no tornozelo direito e será avaliado pela Departamento Médico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.