Miguel Vidal/Reuters
Miguel Vidal/Reuters

Celta supera time reserva do Barcelona e se afasta da zona de rebaixamento

Equipe de Vigo faz 2 a 0 sobre catalães, dentro de casa, e chega aos 40 pontos no Espanhol

Redação, Estadão Conteúdo

04 de maio de 2019 | 18h02

Com um time de reservas, o Barcelona perdeu para o Celta, por 2 a 0, neste sábado, pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol. Campeão antecipado, o time catalão resguardou os titulares para o duelo de terça-feira, contra o Liverpool, pelo jogo de volta da semifinal da Liga dos Campeões.

Com o resultado, o time da casa se afastou da zona de rebaixamento. Com os três pontos, o Celta atingiu a 14ª posição, com 40 pontos, e vai torcer neste domingo contra Girona (37) e Real Valladolid (35), que vão enfrentar Getafe e Athletic Bilbao, respectivamente.

Os primeiros 30 minutos foram de domínio surpreendente do jovem time do Barcelona. Com posse de bola, o time catalão chegou a criar algumas oportunidades e forçaram o goleiro Ruben Blanco a se destacar na partida.

Aos poucos, o Celta passou a procurar mais o ataque. O primeiro lance de perigo surgiu com Iago Aspas, mas parou no seguro Cillessen. Ryad Boudebouz e Sofiane Boufal também levaram perigo ao Barça antes do fim da primeira etapa.

O Celta voltou ainda mais confiante para o segundo tempo. Depois de um gol bem anulado, Boufal teve mais uma chance e voltou a errar na finalização. Aos 18 minutos, o atacante uruguaio Maxi Gomez, livre, cabeceou fraco, nas mãos de Cillessen.

Três minutos depois, Maxi Gomez não perdoou. Ryad Boudebouz cruzou da direita e o atacante se jogou em direção da bola e bateu de sem-pulo para abrir o placar. Foi o 13º gol do jogador sul-americano no Campeonato Espanhol.

A tensão tomou conta do estádio Municipal de Balaidos. Os torcedores desesperados para o fim do jogo, mas ainda havia tempo para mais uma alegria. O juiz Jose Maria Sanchez Martínez utilizou o VAR para marcar mão do zagueiro Umtiti na área do Barcelona. Pênalti, que Iago Aspas cobrou com categoria: 2 a 0. Foi o 16º gol do jogador da seleção espanhola na competição.

Já com o título garantido, o Barcelona soma 83 pontos, contra 74 do vice-líder Atlético de Madrid e 65 do Real Madrid, que joga neste domingo contra o Villarreal, no Santiago Bernabéu.

Pela mesma rodada, a Real Sociedad derrotou o Alavés por 1 a 0, fora de casa. O único gol do jogo foi marcado por Manu Garcia, contra as próprias redes, aos 24 minutos do primeiro tempo. A Real Sociedad ocupa o oitavo posto, com 47 pontos. E o Alavés apresenta a mesma pontuação, mas está em 10º lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.