Celta estraga a noite de Robinho

Um gol em que a bola não entrou estragou a festa de Robinho neste sábado no Santiago Bernabéu. Era a estréia do brasileiro no estádio do Real Madrid e também era a sua primeira partida como titular do novo time. Mas o Celta, que acabou de voltar para a primeira divisão do Campeonato Espanhol, levou a melhor e venceu o jogo por 3 a 2.O lance decisivo aconteceu aos 33 minutos do segundo tempo. Depois de jogada iniciada pelo brasileiro Fernando Baiano, o uruguaio Canobbio acertou o travessão, a bola bateu em cima da linha, mas, após uma hesitação, o árbitro Rafael Ramirez Dominguez marcou o gol da vitória do Celta.Mas, independente do erro do árbitro, o Real não jogou o suficiente para vencer. Confuso e embolado, pouco ameaçou o adversário, que só teve trabalho com Robinho, encantando a torcida com seus dribles. Apesar de jogar mal, o Real chegou a virar o jogo no primeiro tempo. Tomou o gol de Contreras aos 8 minutos. Mas empatou com Ronaldo cobrando pênalti aos 37 e fez 2 a 1 com outro brasileiro, Júlio Baptista, aos 44. Ainda na etapa inicial, nos acréscimos, o Celta deixou tudo igual novamente, com Nuñez aproveitando rebote do goleiro Kasillas após pênalti batido por Canobbio.O técnico Vanderlei Luxemburgo admitiu que a derrota foi ?dolorosa? mas que ?servirá de lição para sua equipe? - ele reclamou discretamente da arbitragem. E Robinho não entendeu porque teve um gol anulado no segundo tempo. ?Eu não estava impedido, o Ronaldo sim, mas ele não tocou na bola?, disse o atacante brasileiro, que reconheceu ter enfrentado alguma dificuldade com a zaga adversária. ?Vamos ver se na próxima partida conseguimos nosso objetivo.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.