Celta marca no fim, bate Zaragoza e respira no Espanhol

Com um gol nos acréscimos, o Celta ganhou sobrevida no Campeonato Espanhol. Nesta segunda-feira, o time de Vigo contou com apoio da torcida para derrotar o Zaragoza, rival direto na briga para escapar do rebaixamento, e respirar na tabela, no encerramento da 32ª rodada da competição.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2013 | 19h09

Ao vencer o duelo de "desesperados", o Celta não só ganhou uma posição na classificação como também afundou o Zaragoza para a última colocação. A equipe da casa chegou aos mesmos 27 pontos dos visitantes, mas ocupa o 19º lugar por levar vantagem nos critérios de desempate.

Faltando seis rodadas para o fim do Espanhol, os dois times ainda têm boas chances de escapar da degola. Eles estão a apenas dois pontos do Granada, primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

Jogando em casa, o Celta levou um susto no primeiro tempo, ao levar gol de Sapunaru aos 26 minutos de jogo. A reação, porém, teve início antes do intervalo. Alex Lopez buscou o empate aos 36.

O duelo permaneceu equilibrado no segundo tempo, dando a impressão de que o jogo terminaria mesmo empatado. Contudo, o Celta buscou forças nos instantes finais para garantir a vitória com gol de Mario Bermejo aos 47 minutos da segunda etapa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.