Russel Cheyne/Reuters
Russel Cheyne/Reuters

Celtic goleia e conquista o hexa seguido do Escocês a oito rodadas do final

Vitória sobre o Hearts por 5 a 0 faz com que equipe chegue a 86 pontos, contra 61 do Aberdeen

Estadão Conteudo

02 de abril de 2017 | 16h02

O Celtic conquistou o título do Campeonato Escocês neste domingo pelo sexto ano consecutivo. Ainda invicto na competição, o time comandado pelo técnico inglês Brendan Rogers goleou o Hearts por 5 a 0, fora de casa, e faturou a taça com oito rodadas de antecedência.


O resultado levou o Celtic aos 86 pontos contra 61 do Aberdeen, o segundo colocado. A campanha na atual temporada é irrepreensível, com 28 vitórias em 30 partidas disputadas. Seus únicos dois empates foram contra o Inverness, fora de casa, e contra o arquirrival Rangers, em casa.



Se somar as outras competições escocesas, o Celtic não perde há 36 partidas. Os comandados de Brendan Rodgers, ex-técnico do Liverpool, ganharam a Copa da Liga Escocesa em novembro e estão nas semifinais da Copa da Escócia.


Com a taça deste domingo, o Celtic agora está a três títulos de igualar a sua melhor sequência da história, que aconteceu entre 1966 e 1974. O destaque da goleada sobre o Hearts foi o atacante Scott Sinclair. Contratado para esta temporada, o atacante marcou três vezes. Stuart Armstrong e Patrick Roberts completaram o placar.


A conquista ainda tem um gosto especial, pois aconteceu justamente no ano em que seu arquirrival voltou a disputar a primeira divisão. O Rangers ficou fora da elite escocesa nos quatro últimos anos por conta de uma crise financeira. Na atual temporada, faz uma boa campanha e aparece na terceira colocação com 51 pontos.


O Rangers declarou falência em 2012 e foi vendido para um empresário. Precisou mudar de nome para "The Rangers" e recomeçou na quarta divisão do país. Os dois primeiros acessos foram na sequência. No entanto, a equipe não conseguiu ir para a primeira divisão na temporada 2014/2015 e só voltou para a elite no último ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol Internacionalfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.