Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Ceni defende Ganso no São Paulo: 'Achei que ele jogou bem'

Meia deixa campo vaiado e se irrita com Osorio na substituição

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

12 de julho de 2015 | 14h26

A vitória do São Paulo por 3 a 1 sobre o Coritiba ficou marcada pelo recorde de público do Campeonato Brasileiro, pelos dois gols marcados por Alexandre Pato, mas também pelas vaias e a má atuação de Paulo Henrique Ganso. O meia foi muito criticado pela torcida e bastante vaiado quando substituído por Boschilia, no segundo tempo. Ao final da partida, o goleiro Rogério Ceni defendeu o companheiro e disse que não concorda com as críticas.

“Achei que o Ganso jogou bem. Deu assistências e se doou pelo time. Não acho que ele jogou mal, como falam. Ganso não é de fazer gol. Ele é mais de dar assistência e cadenciar o jogo. É um cara muito importante para a equipe”, analisou o capitão são-paulino. Quando foi substituído, Ganso mostrou irritação. Ele não quis cumprimentar o técnico Juan Carlos Osorio e ainda deu um chute em um copo de água. 

Osorio garante que não se incomodou com a postura do jogador, mas vai conversar com ele, por respeito ao grupo. “Seguramente, vamos conversar na quarta-feira, quando voltarmos ao trabalho. Essas coisas não me perturbam, mas não acho legal para o coletivo. Acredito que tem que ter respeito com o companheiro que vai entrar”, disse o treinador.

Assim como o goleiro, o treinador também não concordou com as vaias ao meia. “Não foram justas. A torcida está para apoiar o time e não agredir os nossos jogadores. No primeiro tempo, ele jogou bem e nos primeiros dez minutos do segundo tempo, deu um passe para Thiago Mendes que se tivesse saído o gol, as coisas poderiam ser diferentes”, analisou. 

Para Rogério, o destaque da partida foi Alexandre Pato e que por isso, é natural o torcedor aplaudir o atacante e criticar o meia. “Pato se destacou porque fez dois gols e tem essa condição de sair em veloccidade. Torcedor gosta de cara que faz gol, por isso ele acaba sendo mais elogiado. Mas repito, acho que Pato e Ganso foram bem”, analisou.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, para encarar o Sport, na Arena Pernambuco. O elenco tricolor ganhou dois dias de folga e só retorna às atividades na quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.