Rubens Chiri/Saopaulofc.net
Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Rogério Ceni lamenta cinco desfalques por suspensão para enfrentar o Atlético em Minas

Quatro das ausências são titulares do treinador do São Paulo; problema maior para o próximo domingo está no setor defensivo

Redação, Estadão Conteúdo

04 de julho de 2022 | 08h00

A primeira vitória do São Paulo fora de casa, com os 2 a 1 sobre o Atlético-GO, neste domingo, 3, deixou uma preocupação para o técnico Rogério Ceni na sequência do Campeonato Brasileiro. Diante do Atlético-MG, domingo, em Minas, serão cinco desfalques por suspensão; quatro deles são jogadores titulares. 

Os zagueiros Diego Costa e Léo, os volantes Rodrigo Nestor e Gabriel Neves e o atacante Luciano tomaram o terceiro cartão amarelo em Goiânia e estão fora da partida seguinte. O problema é mais grave na zaga: só Miranda e os jovens e Beraldo poderão ser escalados. 

“Perdemos muitos jogadores, tinha muita gente pendurada, e o árbitro gostava bastante do cartão amarelo. Mas valeu a vitória”, afirmou o treinador. Ao todo, foram distribuídos 12 cartões no jogo. 

Além dos atletas suspensos, a equipe tem nove jogadores lesionados. São eles: Gabriel Sara (cirurgia no tornozelo direito), Nikão (dores no tornozelo esquerdo), Talles Costa (entorse no tornozelo direito), Alisson (entorse no joelho direito), Andrés Colorado (lesão no reto femoral direito), Walce (recuperação de cirurgia), Caio (cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito), Luan (cirurgia no adutor esquerdo) e Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo). 

Nikão e Talles Costa podem voltar ao time em Minas. Eles já iniciaram trabalhos leves em campo, mas dependem da evolução ao longo da semana. 

Apesar dos desfalques, Ceni destaca a importância da vitória que encerrou uma sequência de três jogos ruins (duas derrotas e um empate). “Hoje a vitória era primordial. A gente arriscou mais do que o normal fisicamente. Era um jogo decisivo para nossas pretensões e nossas colocações. A gente ficaria em colocação muito ruim no campeonato em caso de derrota”, acrescentou. 

Na próxima quinta-feira, a equipe recebe a Universidad Católica, do Chile, após a vitória por 4 a 2 no jogo de ida das oitavas de final da Sul-Americana. Curiosamente, o treinador terá os mesmos problemas de suspensão. Igor Vinicius, Calleri e Rodrigo Nestor foram expulsos na ida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.