Ceni nega clima de revanche e diz que Palmeiras é favorito

Goleiro, no entanto, confia em superação do São Paulo para chegar às finais do Campeonato Paulista

Redação,

06 de abril de 2008 | 18h12

Definidas as semifinais do Paulistão, os jogadores do São Paulo já começam a pensar nas duas partidas diante do rival Palmeiras, na luta por uma vaga à final da competição.Veja também: Classificação Calendário / Resultados São Paulo vence e encara o Palmeiras na semifinal Ponte empata em Santos e vai à semifinal do Paulistão Palmeiras bate o Barueri por 3 a 0, mas fica em segundo lugar Corinthians perde e fica fora das semifinais do PaulistãoE, como era de se esperar, o assunto, logo após a vitória por 3 a 1 diante do Juventus, era a possível revanche são-paulina, já que o time perdeu para o Palmeiras por 4 a 1, na fase de classificação. O líder do time, Rogério Ceni, negou o clima de revanche, mas não se esquece da derrota. "Clima de revanche não é exatamente o que se pode dizer, mas a derrota fica na cabeça, claro. Eu já venci vários jogos e perdi outros, o que é normal, e por isso eu acho que os jogos diante do Palmeiras serão difíceis, mas não pelo o que já aconteceu."Já sobre a quem pertence o favoritismo, Rogério Ceni foi objetivo. "O favoritismo é do Palmeiras, que tem uma grande vantagem, pois luta por dois resultados iguais. Agora, tudo pode acontecer num clássico, e nossa equipe, mesmo com os problemas que enfrentou, pode surpreender. Hoje, a situação [do São Paulo] não é positiva, mas ainda temos uma semana pela frente e vamos pensar com calma sobre a partida."   DE QUEM É O MANDO?Indagado sobre a possibilidade do Morumbi sediar os dois jogos, Rogério Ceni lembrou que a decisão cabe à Federação Paulista de Futebol. "Os mandos são da federação. Os dirigentes dos dois clubes assinaram o regulamento que diz isso, então não tem do que reclamar. Onde a federação mandar, nós temos que jogar; seja no Morumbi, no Parque Antarctica ou em algum estádio do interior."

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasSão Paulo FCPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.