Wilton Junior|Estadão
Wilton Junior|Estadão

Ceni publica vídeo de agradecimento aos atletas do São Paulo

Depois de enviar mensagem à torcida, ex-técnico do São Paulo usa novamente as redes sociais

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

07 de julho de 2017 | 20h57

Depois de publicar uma mensagem para os torcedores na quinta-feira, na qual pedia desculpas por eventuais falhas, Rogério Ceni utilizou novamente as redes sociais nesta sexta-feira. O alvo da publicação agora foram os jogadores do São Paulo que ele liderou antes de ser demitido na última segunda-feira.

Ceni publicou um vídeo em sua página no Facebook com dedicatória aos jogadores com palavras de agradecimento. Em pouco mais de dois minutos, Ceni incentiva o grupo a continuar lutando. O vídeo traz imagens dos jogos da equipe em 2017, narradas com a voz do ídolo.  A última frase foi retirada do filme Gladiador, estrelado por Russell Crowe: "O que fazemos na vida ecoa na eternidade".

 

Abaixo, a mensagem de Rogério Ceni:

"Nosso maior medo não é sermos inadequados. Nossos maiores medos são de sermos poderosos além da conta. É nossa luz e não nossa obscuridade que mais nos apavora. Ser pequeno não serve ao mundo. Não há nada de sábio em se encolher para que as outras pessoas não se sintam inseguras ao seu redor. Nós todos fomos feitos para brilhar, como as crianças. Não está em apenas em algum de nós, está em todos. A gente se arrisca, de vez em quando perde, e erra. E quebra a cara. Mas tudo isso de ruim é uma poderosa escola, para aprimorar você, para que você possa tomar decisões e chegar no ao lugar da vitória. Às vezes, você nem sabe por que está fazendo uma coisa. Qualquer tolo pode ter coragem, mas honra, essa é a verdadeira razão para você fazer ou não fazer uma coisa. É quem você é e, talvez, o que você quer ser. Se puder lutar, lutem, se ajudem. Você não precisa ser o maior, nem o mais forte da sua casa, seu meio social. Você tem que ser o maior nas suas atitudes. Não desista. Siga em frente. Há uma vitória para você"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.