Cento e dois torcedores são presos em partida na Croácia

Confusão, que chocou as autoridades, aconteceu durante o jogo entre Hajduk Split e o Dínamo de Zagreb

08 de outubro de 2007 | 16h18

Cento e dois torcedores foram detidos na noite do último domingo durante a partida entre o Hajduk Split e o Dínamo de Zagreb, em Split, válida pelo Campeonato Croata. Os torcedores foram autuados por brigas, embriaguez e danos à propriedade. As autoridades esperam realizar novas detenções em breve, de torcedores que queimaram assentos de plástico no Estádio Poljud, onde foi realizada a partida. Especialistas estão tentando identificar os culpados por meio da análise de gravações feitas pelas câmeras de segurança instaladas no local. Torcedores do Hajduk tentaram ainda agredir familiares do meia Luka Modric, do Dínamo, considerado atualmente o melhor jogador do Campeonato Croata. Um grupo de policiais protegeu a família do jogador, e impediu que fosse agredida. Modric marcou o primeiro gol do Dínamo, que acabou vencendo a partida por 2 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
Violência no futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.