Cerro promete sufocar o Palmeiras

O Cerro Porteño, do Paraguai, quer tirar proveito da condição de mandante e do momento turbulento que vive o Palmeiras para iniciar a Copa Libertadores com o pé direito, no jogo desta quarta-feira, em Assunção. Mas o técnico argentino Gustavo Costas evita criar polêmica e mede as palavras ao falar do rival."O Palmeiras ainda é uma equipe forte e, por isso, devemos tomar algumas precauções. Isto não significa que seremos cautelosos. Muito pelo contrário, vamos buscar a vitória desde o início", prometeu Gustavo Costas.O técnico convocou dirigentes e torcedores para incentivar o Cerro Porteño. Apesar de ser um dos grandes clubes do país - é o atual campeão paraguaio -, nunca conquistou um título da Libertadores. O melhor desempenho foi chegar quatro vezes às semifinais (1973, 78, 93 e 99). A novidade na equipe paraguaia será a estréia do goleiro Danilo Aceval, ex-Olimpia. Aceval será o substituto de Aldo Bobadilla, negociado com o Gimnasia e Esgrima, da Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.