Cerro quer reabilitação em pleno ABC

O Cerro Porteño confia, na partida desta quinta-feira contra o Santo André, às 19 horas, no estádio Bruno José Daniel, em se reabilitar do empate contra o Palmeiras (1 a 1), na semana passada, em Assunção, na estréia das duas equipes na Copa Libertadores.Segundo o técnico Gustavo Costas, após o pontapé inicial, sua equipe está obrigada a lutar por uma vitória ante o, teoricamente, mais fraco representante brasileiro na competição. "Começamos empatando em casa, e agora não nos resta alternativa a não ser recuperar fora os pontos perdidos em casa", admitiu o treinador, que faz mistério em relação à escalação que utilizará na partida. "Não quero adiantar à imprensa qual será a equipe antes de fazê-lo ao grupo, mas já se conhece a base e pensamos na possibilidade de recorrer a outras opções."Entre essas opções estaria o brasileiro Inca, que junto com o argentino Mario Grana, no meio-de-campo, formou uma dupla que foi vital para a vitória do campeão paraguaio, por 3 a 0, sobre o 12 de Outubro, no último domingo, pelo campeonato nacional. A equipe paraguaia torce por uma derrota do Deportivo Táchira, que enfrenta o Palmeiras, também nesta quinta-feira, às 19 horas, no Palestra Itália, para ter chances de assumir a liderança do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.