César aumenta disputa no Palmeiras

A chegada do zagueiro César, confirmada para a noite desta quinta-feira, vai acirrar, e muito, a briga por vagas no setor defensivo do Palmeiras. Alguns atletas, embora não comentem abertamente, mostram-se decepcionados com a contratação de mais um jogador para a posição. O elenco já conta com Alexandre, Leonardo, Thiago Matias e Galeano, além de outros que não vinham sendo aproveitados. Titular absoluto do técnico Celso Roth em 2001, Leonardo é o mais cotado para acabar no banco de reservas. Durante o Campeonato Brasileiro, ele passou por momentos difíceis e foi criticado pelos torcedores, que pediram sua saída. A nova dupla de zaga palmeirense deverá ser formada por César e Alexandre. ?A concorrência está boa, agora vamos ter de abrir o olho?, declarou Alexandre, que se assustou quando soube que o novo companheiro joga do mesmo lado que o seu, o direito. O técnico Vanderlei Luxemburgo fez questão de dizer, porém, que César pode atuar pelos dois lados e, assim, não há empecilhos para que faça dupla com Alexandre. O novo reforço palmeirense estava preocupado com um possível retrocesso na negociação. O treinador do Rennes, Christian Gourcuff, vinha dificultando sua transferência, porque o time faz péssima campanha na França e tem poucas opções para a defesa. Nesta terça-feira, contudo, o problema foi resolvido e a diretoria do Palmeiras confirmou que César chega a São Paulo nesta quinta-feira, às 22 horas, para assinar contrato de um ano e ser apresentando na sexta-feira. Luxemburgo anunciou, nesta terça-feira, que estará presente no sambódromo do Rio. Ele vai desfilar, no domingo, pelo Salgueiro, como já fez em outros anos, acompanhado da mulher, Josefa, e possivelmente das três filhas. Luxemburgo externou sua irritação com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que marcou o jogo entre Palmeiras e ASA, em Arapiraca-AL, pela Copa do Brasil, para a Quarta-Feira de Cinzas. ?É uma falta de bom senso de quem fez a tabela, vamos ter problema de hotel, de passagem, é complicado encontrar vôo nessa época.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.