Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

César está satisfeito no São Caetano

Adhemar foi para a Alemanha, Claudecir e Magrão jogam no Palmeiras e até o menos badalado Japinha arrumou-se, no Bahia. Mas César, o melhor lateral-esquerdo em atividade no futebol brasileiro em 2000 e apontado como uma das revelações da Copa João Havelange, continua no São Caetano, um time que tenta recuperar pelo menos parte do encanto do ano passado, depois de perder o título brasileiro para o Vasco.César teria perdido o trem da história, ao não ter aceito um dos diversos convites que lhe foram feitos? "De jeito nenhum", garante. "Aqui, tudo o que pedi na parte financeira me deram. Sei que daqui em diante serei muito cobrado e quero ser cobrado mesmo."César, de 26 anos, recebeu propostas de vários clubes, entre eles Palmeiras e Flamengo, mas garante que, financeiramente, nenhum chegou próximo ao São Caetano. Além disso, ele quer brilhar na Libertadores da América, torneio que o time do ABC paulista começa a disputar dia 6, contra o Cruz Azul (México), em casa, no estádio Anacleto Campanella.Seu contrato com o São Caetano termina em junho e há uma cláusula que prevê prorrogação até dezembro. Depois disso, se ainda estiver no clube, ele será o dono do passe. "Até o ano passado eu disputava a segunda divisão, sem perspectiva nenhuma. Agora, vou disputar uma competição internacional e isso me motiva muito."Antes de pensar na Libertadores, no entanto, César tem um bom desafio pela frente neste domingo, contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista. Será a oportunidade de recuperar o prestígio do time, que perdeu no final de semana passado para o Mogi Mirim, por 4 a 3. É também a chance de César aparecer aos olhos do técnico Leão, da seleção brasileira."Tenho consciência de que se correr mais, se cruzar melhor, se aperfeiçoar o chute, poderei ser chamado para a seleção. Estou tranqüilo, mas batalhando muito por isso."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.