Antonio Lacerda/EFE
Antonio Lacerda/EFE

Chamado de louco, Jorge Jesus foi contra até seu agente para brilhar no Flamengo

Técnico tinha sondagens de clube da Inglaterra, mas decidiu apostar em trabalho no futebol brasileiro e agora comemora título da Libertadores

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2019 | 09h00

O título da Libertadores conquistado pelo Flamengo teve um sabor especial para o técnico Jorge Jesus. O português precisou ir contra a opinião de muita gente ao seu redor para se aventurar no arriscado futebol brasileiro, onde o treinador é demitido facilmente. Tudo isso, pelo desafio de trabalhar no Brasil. 

Antes de acertar com o Flamengo, Jesus decidiu ouvir amigos e seu empresário e a resposta não foi positiva. "Fui contra muita gente, amigos e meu próprio agente. Todos diziam que eu era louco de vir para um campeonato que os treinadores não duram uma semana. Meu agente achava que eu não tinha que tomar essa opção, tinham clubes na Europa, uma conversa com time da Inglaterra, mas eu aceitei o desafio. Mais uma vez, pensei pela minha cabeça e não pela dos outros", disse o treinador português. 

Jesus admitiu que seu estilo de jogo é muito diferente e pode dar início a uma nova fase no futebol brasileiro. "Mexi no futebol brasileiro porque tenho uma ideia de olhar pro jogo diferenciada, mas quero dizer aos dirigentes dos clubes brasileiros que não é o fato do Jorge Jesus poder ganhar a Libertadores e o Brasileirão que está mal o futebol brasileiro e que os treinadores não têm capacidade", disse.

O treinador campeão da Libertadores já havia ganho um outro título continentais, mas que não tem a mesma representatividade da competição sul-americana. Em 2008, Jesus foi campeão da Taça Intertoto da UEFA pelo Braga. Mesmo assim, ele ainda acredita que não vive o melhor momento da carreira. 

"Se eu ganhar o Brasileiro e o Mundial, aí sim, será o melhor ano da minha carreira", ponderou o português que pode conquistar o Brasileirão neste domingo sem nem precisar colocar o Flamengo em campo. Basta o Palmeiras não vencer o Grêmio, em jogo que será realizado no Allianz Parque, às 16h (horário de Brasília).

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.