Chamado de 'novo dérbi de Campinas', duelo Ponte Preta x Red Bull causa polêmica

O jogo entre Ponte Preta e Red Bull, neste sábado, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, será o primeiro na história dos dois times de Campinas. A nova rivalidade, contudo, já esbarra na velha disputa campineira entre Ponte e Guarani. É que uma nota oficial divulgada pela assessoria campineira, tratando o jogo do final de semana como o "novo dérbi de Campinas" causou polêmica entre torcedores e até na imprensa.

Estadão Conteúdo

26 de fevereiro de 2015 | 20h21

Criticada, inclusive, por alguns torcedores pontepretanos nas redes sociais, a Ponte argumentou que a nomenclatura "novo dérbi" foi definida em uma ação de marketing das diretorias. Esta seria uma forma de promover o encontro, que acontece às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli.

Os jogadores dos dois times, entretanto, discordam da terminologia. "Apesar de o Red Bull ser da cidade, não há esta rivalidade. É um jogo complicado, mas sem o peso de um jogo contra o Guarani", disse o zagueiro da Ponte Tiago Alves, que veio do Palmeiras. "É diferente por envolver dois times da cidade, mas não é um dérbi", concordou o meia do Red Bull Lulinha, ex-Corinthians.

Para a Ponte, vencer o encontro com o Red Bull consolidaria a boa campanha do time, que ocupa a segunda posição do Grupo B, com 11 pontos. Já o rival está apenas na quarta posição do Grupo A, com oito pontos. Tem seis a menos que o segundo colocado Mogi Mirim e precisa vencer para não perder contato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.