Chamusca faz mistério sobre escalação

O técnico Péricles Chamusca resolveu fazer mistério para confirmar a escalação do São Caetano para o jogo contra o Santos, domingo à tarde, no estádio Anacleto Campanella, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Ele pretende confirmar o time somente após o coletivo previsto para esta sexta-feira à tarde, mas em princípio, já tem os substitutos para os quatro desfalques por causa de suspensão por três cartões amarelos.Os novos titulares voltaram a ser testados nesta tarde, com o próprio técnico aprovando a movimentação do grupo. "Gostei da movimentação, mesmo porque nossos jogadores são inteligentes. Mas os treinos vão reforçar nosso esquema tático", desconversou Cham usca. Ele admite, porém, que Marcos Aurélio será o terceiro zagueiro na vaga de Gustavo. Para suprir a ausência de Ceará, Mineiro será deslocado para a lateral direita com a entrada de Paulo Miranda como volante. Com o deslocamento de Marcinho no ataque, Lúcio Flávio ganha outra chance no meio campo.O objetivo do grupo continua o de conseguir somar o maior número de pontos nos últimos dois jogos, contra Santos e Atlético-MG. O time raciocina como se estivesse com 77 pontos, em quarto lugar, apesar da punição do STJD que o puniu com a perda de 24 pontos por causa do uso irregular do zagueiro Serginho.Por outro lado, o zagueiro Dininho confirmou que foi procurado por representantes da MSI e consultado a respeito de sua transferência para o Corinthians. Ele considerou a proposta salarial passível de discussão, mas o valor de compra do atestado liberatório "abaixo do esperado". Dininho, no entanto, não revelou os valores, só confirmando que ainda não definiu sua ida para o Sanfreecce Hiroshima, do Japão, acordo anunciado pelo empresário Juliano Bertolucci. Dininho disse que este não é seu procurador e que tem acordo com a empresa Sindbol.NOVOS MÉDICOS - Com a suspensão do médico Paulo Forte no STJD, por quatro anos, a direção do São Caetano promoveu uma ampla reformulação no seu departamento médico. Nesta tarde de quinta-feira, apresentou os novos profissionais que serão responsáveis pelo departamento médico do time profissional. São três ortopedistas: Maurício Bezerra, especialista em medicina esportiva; Rubens Sampaio, especialista em ombro e Marcelo Saragiotto, especialista em joelho. Todos são formados pela Universidade de São Paulo (USP) e já tiveram passagem por outros clubes do futebol paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.