Marcio Cunha/Chapecoense
Marcio Cunha/Chapecoense

Chapecoense anuncia que fará testes em jogadores e funcionários para covid-19

Clube também anunciou a contratação do meia Denner, que pertence ao Athletico-PR

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2020 | 14h43

A diretoria da Chapecoense anunciou que realizará nesta quarta-feira os testes de covid-19 em jogadores, comissão técnica e funcionários. A ideia é que os resultados de todos os funcionários do clube de Chapecó (SC) estejam prontos até o próximo domingo.

Os exames dos jogadores serão RT-PCR para identificar se o vírus estará na amostra dos cotonetes de coleta de boca ou nariz. Já os exames da comissão técnica e funcionários serão testes rápidos em coleta de sangue.

A Chapecoense tem tomado todos os cuidados por Chapecó ser a cidade de Santa Catarina, até esta segunda-feira, com o maior número de casos do novo coronavírus (588), além de duas mortes.

O time, apesar de ter ficado boa parte do Campeonato Catarinense na zona de rebaixamento, conseguiu a classificação e, na oitava posição, vai encarar o líder Avaí nas quartas de final em jogos de ida e volta. O mata-mata ainda não tem datas e nem horários definidos pela Federação Catarinense de Futebol (FCF).

Mercado da bola

A diretoria da Chapecoense oficializou o empréstimo do meia Denner Melz, que pertence ao Athletico-PR. Aos 20 anos, o jogador, que chegará sem custos, ficará no clube de Chapecó até o fim de 2020. Em contrapartida, emprestou Pedro Cella e Arthur Vanzella ao clube paranaense até janeiro de 2022.

"Fico muito feliz em poder assinar o contrato com a Chape. Sempre tive um carinho enorme pelo clube por eu ser aqui de Santa Catarina, por ver a maioria dos meus parentes torcendo pela Chape, indo no estádio... Além disso, é um sonho realizado", disse Denner.

"Meu pai também passou pelas categorias de base da Chapecoense e estar num lugar por onde ele já jogou me deixa muito feliz. Espero que, quando a pandemia passar, tudo dê certo, e a gente consiga conquistar o nosso principal objetivo, que é subir pra Série A", finalizou o atleta de Itapiranga, em Santa Catarina, e que já vestiu a camisa do Juventude.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolChapecoensecoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.