Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Sirli Freitas/Chapecoense
Sirli Freitas/Chapecoense

Chapecoense bate o Joinville e conquista 1º título em campo após tragédia aérea

Equipe vence o segundo turno do Campeonato Catarinense e, com o resultado, conquista vaga na final contra o Avaí

Estadão Conteudo

15 de abril de 2017 | 18h38

A Chapecoense ergueu neste sábado o primeiro troféu em campo após o trágico acidente aéreo de 29 de novembro do ano passado. Campeão da Copa Sul-Americana sem precisar atuar na final, o time catarinense teve pouco mais de quatro meses para se reestruturar e mostrar resultado.

Diante de seus torcedores na Arena Condá, em Chapecó (SC), a Chapecoense derrotou o Joinville por 2 a 0 e conquistou o título da Taça Sandro Pallaoro, o segundo turno do Campeonato Catarinense. A segunda parte da competição presta uma homenagem ao ex-presidente da equipe que morreu no acidente em Medellín, na Colômbia.

A Chapecoense abriu o marcador neste sábado com Reinaldo, aos 33 minutos do primeiro tempo, em cobrança de falta. O segundo saiu aos 38 da etapa final. O centroavante Túlio de Melo tabelou com Girotto e tocou na saída do goleiro Matheus.

Foi a sétima vitória consecutiva na competição da Chapecoense, que chegou aos 22 pontos e garantiu o título do segundo turno com uma rodada de antecedência. Agora, o time comandado pelo técnico Vágner Mancini cumpre tabela no próximo domingo contra o Criciúma, fora de casa.

Na sequência, começará a preparação para a decisão do Estadual contra o Avaí, que faturou o primeiro turno. Por ter feito melhor campanha, a Chapecoense jogará por dois resultados iguais. Antes dos duelos pelo Campeonato Catarinense, a equipe de Chapecó receberá o Nacional, do Uruguai, nesta terça-feira, às 21h45, pela terceira rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores.

 

É CAAAAAMPEÃOOOOOOOOOOOOO!!! Nada mais justo do que a Taça Sandro Pallaoro ficar na Arena Condá!! Chapecoense 2x0 Joinville #VamosChape

Uma publicação compartilhada por Chapecoense (@chapecoensereal) em

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.