Márcio Cunha/Chapecoense
Márcio Cunha/Chapecoense

Chapecoense busca empate contra Athletico-PR e segue invicta na Arena Condá

Com gol de Everaldo aos 43 do segundo tempo, time catarinense fica na parte de cima da tabela com quatro pontos

Redação, Estadão Conteúdo

05 de maio de 2019 | 13h14

Com um gol aos 43 minutos do segundo tempo, a Chapecoense buscou o empate por 1 a 1 diante do Athletico-PR na manhã deste domingo, na Arena Condá, em Chapecó, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O time catarinense segue invicto em seu estádio.

Com o resultado, a Chapecoense vai para quatro pontos, já que venceu o Internacional, na estreia, por 2 a 0, e perdeu para o Corinthians, por 1 a 0, em São Paulo. O Athletico tem a mesma pontuação. A equipe paranaense bateu o Vasco por 4 a 1, na Arena da Baixada, e foi derrotada pelo Fortaleza, por 2 a 1, no Castelão.

Chapecoense e Athletico fizeram um primeiro tempo morno. Apesar de jogar no campo adversário, o clube paranaense chegou a ter 75% de posse de bola, mas não conseguiu transformar a superioridade em gol. A primeira boa chance foi aos 33 minutos. Léo Pereira arriscou de fora da área e mandou rente ao gol de Tiepo.

Já a Chapecoense entrou com uma postura mais cautelosa. O time catarinense conseguiu anular as jogadas em velocidade do adversário, mas pouco fez para sair na frente do marcador. Para piorar, Ney Franco teve que tirar Gustavo Campanharo, com dores da virilha, e Régis, que passou mal dentro de campo.

No segundo tempo, a partida cresceu em produção. Marcelo Cirino conseguiu encontrar um buraco na defesa da Chapecoense, recebeu dentro da área, mas chutou para fora. A resposta veio em um lance de contra-ataque. Alan Ruschel disparou e cruzou para Everaldo. Ele dominou no peito e mandou rente à trave de Santos.

A Chapecoense vivia o seu melhor momento na partida, quando foi surpreendida pelo Athletico. Aos 30 minutos, Rony passou pela marcação e chutou de direita no fundo das redes. A bola ainda desviou na defesa, antes de encobrir o goleiro Tiepo.

Atrás do placar, a Chapecoense saiu para o abafa e arrancou o empate aos 43 minutos. Diego Torres arriscou de fora da área, Santos deu rebote e Everaldo apareceu livre para decretar o empate na Arena Condá.

Rony ainda teve chance para fazer o segundo gol, no último lance, mas o goleiro Tiepo impediu a derrota do time de Chapecó.

Na próxima rodada, a Chapecoense enfrenta o Flamengo no domingo, às 11h, no Maracanã, no Rio. No mesmo dia, às 19h, o Athletico Paranaense recebe o Bahia, na Arena da Baixada, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE 1 X 1 ATHLETICO-PR

CHAPECOENSE - Tiepo; Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Diego Torres e Gustavo Campanharo (Augusto); Renato (Bruno Silva), Régis (Alan Ruschel) e Everaldo. Técnico: Ney Franco.

ATHLETICO-PR - Santos; Robson Bambu, Léo Pereira e Paulo André; Wellington, Léo Cittadini (Lucho González), Rick e Márcio Azevedo; Braian Romero (Rony), Vitinho e Marcelo Cirino (Nikão). Técnico: Tiago Nunes.

GOLS - Rony, aos 30 minutos do segundo tempo. Everaldo, aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araujo.

CARTÕES AMARELOS - Douglas (Chapecoense); Braian Romero e Paulo André (Athletico-PR).

RENDA - R$ 140.710,00.

PÚBLICO - 6.433 torcedores.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.