Chapecoense desiste de renovar contrato de patrocínio com a Caixa

Principal anunciante de camisa desde o fim do último mês é uma empresa do ramo de alimentos.

Estadao Conteudo

10 de março de 2017 | 20h42

A Chapecoense comunicou nesta sexta-feira o encerramento de negociação com a Caixa Econômica Federal para tentar renovar o seu contrato de patrocínio. A parceria entre o clube e o banco durou por três anos. O principal anunciante de camisa desde o fim do último mês é a Aurora, empresa do ramo de alimentos.

A diretoria do clube catarinense buscava manter o vínculo com a Caixa para exibir o nome do banco em outros espaços da camisa, como o peito e as costas. Como não houve acordo, as tratativas terminaram e não serão mais retomadas. A Chapecoense confirmou o fim da negociação em comunicado assinado pelo presidente do clube, Plinio David De Nes Filho.

"Após longo período de diálogo entre partes não foi possível chegar a um acordo. A Associação Chapecoense de Futebol reafirma o seu reconhecimento pela parceria com a Caixa nos últimos três anos", diz a nota do clube. A Chapecoense também negocia acordo de patrocínio com a empresa aérea Qatar Airways para o uniforme.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolfutebolChapecoense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.