Divulgação/Chapecoense
Divulgação/Chapecoense

Chapecoense e Sport empatam sem gols em Chapecó

Mesmo jogando em casa, equipe catarinense não conseguiu vencer o terceiro colocado

AE, Agência Estado

19 de outubro de 2013 | 18h49

CHAPECÓ - A Chapecoense desperdiçou a chance de dar um salto gigantesco rumo ao acesso à elite do futebol brasileiro. Mesmo com o apoio de quase 10 mil torcedores, neste sábado, na Arená Condá, em Chapecó, o time catarinense ficou no empate sem gols no confronto direto com o Sport, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Apesar do tropeço diante de seus torcedores, a Chapecoense continua em situação privilegiada na classificação. O clube está na segunda colocação com 58 pontos, longe do líder Palmeiras, que tem 68, mas sem sofrer ameaça de perder seu posto dentro do G4. O Sport, por sua vez, chegou aos 50 pontos e subiu para o terceiro lugar.

A partida alternou alguns momentos emocionantes com outros bem monótonos. A melhor oportunidade dos donos da casa aconteceu aos nove minutos do segundo tempo. O meia Athos tocou na saída do goleiro Magrão, mas o zagueiro Vinícius Simon salvou em cima da linha. Apesar do menor volume de jogo, o Sport também criou algumas boas oportunidades de marcar. Aos 13 minutos, por exemplo, o atacante Marcos Aurélio cobrou escanteio na área e o zagueiro Aílson cabeceou na trave direita do goleiro Nivaldo, que já estava batido.

Agora, a Chapecoense volta a campo na terça-feira, para encarar o rival Figueirense, novamente na Arena Condá, em jogo adiado da 23ª rodada. E o Sport enfrenta o ASA, no próximo sábado, na Arena Pernambuco, pela 32ª rodada.

CHAPECOENSE 0 X 0 SPORT

CHAPECOENSE - Nivaldo; Murilo Silva (Fabiano), Rafael Lima, Tiago Saletti (Dão) e Fabinho Gaúcho; Diego Felipe(Potita), Wanderson, Paulinho Dias e Athos; Tiago Luis e Bruno Rangel. Técnico - Gilmar Dal Pozzo.

SPORT - Magrão; Patric, Aílson, Vinícius Simon e Marcelo Cordeiro; Anderson Pedra, Rafael Pereira (Camilo), Rithely e Lucas Lima; Marcos Aurélio (Jonathan Balotelli) e Neto Baiano. Técnico - Geninho.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS - Tiago Saletti, Wanderson, Fabiano e Bruno Rangel (Chapecoense); Lucas Lima e Magrão (Sport).

RENDA - R$ 97.836,00.

PÚBLICO - 9.170 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BChapecoenseSport

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.