Sirli Freitas / Chapecoense
Sirli Freitas / Chapecoense

Chapecoense faz mudanças para vencer Flu e tentar evitar a zona da degola

Técnico Guto Ferreira não poderá contar com o zagueiro Rafael Thyere e o meia Doffo

Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2018 | 06h22

A derrota do Ceará para o Grêmio por 3 a 2 manteve a Chapecoense fora da zona de rebaixamento ao menos até esta segunda-feira, quando o Vasco entrará em campo para enfrentar o Bahia. Com isso, a partida frente ao Fluminense, na Arena Condá, às 20 horas desta segunda, faz a vitória ser ainda mais essencial para o clube catarinense, que terá mudanças no seu time titular.

A Chapecoense entra em campo fora da zona de rebaixamento, com 28 pontos, três a mais do que o Vasco, que ainda tem um jogo a menos. O técnico Guto Ferreira não poderá contar com o zagueiro Rafael Thyere e com o meia Doffo, ambos suspensos pelos terceiro cartão amarelo.

Conforme os treinamentos durante a semana, os substitutos serão Douglas, que formará dupla defensiva com Nery Bareiro, e Vinícius, este estará no trio ofensivo com Leandro Pereira e Victor Andrade.

"Ficamos felizes quando o time começa a dar liga, mas não podemos lamentar os guerreiros que não vão para guerra. Precisamos exaltar e confiar naqueles que vão entrar. Todos são jogadores de qualidade e vão se doar ao máximo na busca por nossos objetivos", diz Guto Ferreira.

O treinador falou também do que esperar do adversário. "É uma equipe jovem, com muitos jogadores interessantes. Precisamos entrar totalmente focados para conseguir mais um grande resultado em casa. Para buscar a vitória, temos que estar em estado de alerta. Todo cuidado é pouco", completou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.