Sirli Freitas/Chapecoense
Sirli Freitas/Chapecoense

Chapecoense mira reabilitação no quarto duelo com Atlético-MG no ano

Times catarinense e mineiro jogaram três vezes na temporada e empataram todas

Estadão Conteúdo

06 Outubro 2018 | 06h34

Derrotada nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense busca a reabilitação. Diante deste cenário, o técnico Guto Ferreira trabalhou a semana inteira pensando para corrigir as repetidas falhas defensivas. A missão é conseguir um bom resultado no duelo contra o Atlético-MG, marcado para as 16 horas deste sábado, na Arena Condá, pela 28.ª rodada.

O retrospecto é igual. O time catarinense enfrentou os atleticanos três vezes na atual temporada. Em duas delas, nas oitavas de final da Copa do Brasil, empatou sem gols, mas avançou nos pênaltis. Na última, pelo primeiro turno do Brasileirão, o encontro terminou em um empate por 3 a 3, no Independência, placar que escancara o quanto o time vem mostrando dificuldades em evitar gols.

Na zona de rebaixamento, com 38 pontos e na 18ª colocação, a Chapecoense tem a terceira pior defesa do campeonato, com 41 gols sofridos, atrás de Sport, com 44, e Vitória, com 48. Desde que Guto Ferreira chegou, o time teve a rede balançada em todos os jogos, com 18 gols sofridos em dez partidas.

Insatisfeito com o desempenho do paraguaio Nery Bareiro na derrota por 3 a 1 para o Ceará, Guto escalou a dupla de zaga com o retorno de Douglas para atuar ao lado de Rafael Thyere. Antes disso, Douglas foi titular no primeiro mês de trabalho do treinador e chegou a ser capitão, mas perdeu espaço após lesão na coxa.

Outra mudança será no meio de campo. Com Márcio Araújo lesionado, Guto testou Orzuza, Barreto e até o atacante Osman na posição durante os treinamentos, mas não confirmou quem vai começar no time. "É preciso muita atenção e foco no jogo. Não podemos errar na marcação para depois tentar algo melhor lá na frente", ensinou o treinador.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.