Chapecoense pode ter até cinco mudanças para enfrentar o Botafogo

Equipe está concentrada na disputa da semifinal da Copa Sul-Americana

Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2016 | 07h12

Com uma série de desfalques no time titular, que pode provocar a mudança de até cinco jogadores, a Chapecoense enfrenta o Botafogo nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio Luso Brasileiro, no Rio, em duelo válido pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Giménez, Gil, Hyoran e Ananias, por problemas médicos, estão fora da partida. Em compensação, o zagueiro Neto e os volantes Mateus Biteco e Sérgio Manoel estão liberados para atuar. Já Bruno Rangel, por opção do técnico Caio Júnior, deve perder a vaga para Kempes no ataque, enquanto que Lucas Gomes atuará no lugar de Ananias.

"Perdemos alguns jogadores. Gimenez e Gil foram lesões musculares. O Hyoran é um problema no joelho, e o Ananias é um problema na garganta. O Biteco está recuperado", comentou o treinador. "Interessante que alguns jogadores que estavam esperando oportunidades estão muito bem. O Lucas Gomes tem entrado muito bem, está relacionado e vai começar. O Caramelo, o Sérgio Manoel... Nesse jogo vou começar com o Kempes, que teve humildade. Eu gosto dessa disputa entre o Bruno (Rangel) e ele".

Na 10.ª colocação do Brasileirão com 46 pontos, a Chapecoense praticamente já assegurou a sua permanência na Série A e, assim, segue focada na semifinal da Copa Sul-Americana. A equipe catarinense empatou o jogo de ida com o San Lorenzo, na Argentina, por 1 a 1, e faz o duelo da volta na próxima quarta-feira, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.