Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Chará inicia trabalhos físicos e deve voltar ao Atlético-MG no fim do Brasileirão

Atacante colombiano sofreu lesão no músculo anterior da coxa direita em 29 de setembro

Redação, Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2019 | 22h19

O Atlético Mineiro convive com a expectativa de contar com Yimmi Chará na reta final do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, na reapresentação do elenco, o atacante colombiano fez um trabalho físico no campo da Cidade do Galo, iniciando os trabalhos de transição.

Chará sofreu lesão no músculo anterior da coxa direita em 29 de setembro, durante vitória do Atlético-MG por 2 a 1 sobre o Ceará, pela 22ª rodada do Brasileirão. Até pela inatividade e pela falta de ritmo, o colombiano não deve ter condições de encarar o Athletico-PR, domingo, no Mineirão, pela 34ª jornada do torneio nacional. Mas há a expectativa de que ele possa ser aproveitado pelo técnico Vagner Mancini nos compromissos seguintes.

Na reapresentação do elenco, os titulares no empate com o Fluminense fizeram apenas trabalhos regenerativos. Já os reservas disputaram um coletivo contra os juniores, reforçados pelo goleiro Wilson.

Os suplentes treinaram com: Victor; Hulk, Leonardo Silva, Maidana e Hernández; Jair, Vinícius e Cazares; Terans, Maicon e Geuvânio. Já os juniores trabalharam com: Wilson, Carlos Manoel, Vitor Mendes, Griggio, Samuel Toscas, Adriano, Guilherme Castilho, Gabriel Pires, Matheus Porto, Mateus Criciúma e Lucas Mineiro.

Para o duelo de domingo, o Atlético-MG terá os retornos de Guga, que estava na seleção brasileira olímpica, e que voltará a treinar na quarta-feira. No mesmo dia, chegará a Belo Horizonte Martínez, que estava na seleção paraguaia. E na quinta-feira será a vez do venezuelano Otero. Mancini, porém, não poderá usar Réver, Igor Rabello e Jair, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.