Charles revela 'honra' e 'alegria' ao acertar com Santos

Novo reforço do Santos, o volante Charles deu um depoimento ao site oficial do clube em que revela a "honra" e a "alegria" pelo acerto finalizado nesta segunda-feira. Pedido pelo novo técnico santista, Adílson Batista, ele foi emprestado por um ano pelo Lokomotiv Moscou, da Rússia.

AE, Agência Estado

27 de dezembro de 2010 | 19h41

"É uma alegria jogar de novo nosso País", disse Charles, que foi revelado pelo Cruzeiro e estava desde 2008 no Lokomotiv Moscou, feliz por prevalecer o seu desejo de voltar ao futebol brasileiro. "E é um sonho jogar no Santos, o time mais badalado do Brasil. Para mim, é uma honra."

Atualmente com 25 anos, Charles ainda se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo. Assim, a expectativa é de que ele possa voltar a jogar apenas no final de fevereiro ou início de março. Mas isso não impediu Adílson Batista de pedir sua contratação à diretoria do Santos.

Consciente da responsabilidade que terá no Santos, onde chega para formar o meio-de-campo com Arouca, Elano e Ganso, Charles prometeu muito trabalho e dedicação no novo clube. "Prometo trabalhar sério no dia a dia e me dedicar ao máximo nos jogos. Pode esperar um Charles guerreiro", avisou.

Além de Charles, o Santos fechou nesta segunda-feira a contratação do lateral-direito Jonathan, outro jogador que trabalhou com Adílson Batista no Cruzeiro. Antes deles, a diretoria santista já havia acertado com outros três reforços: o goleiro Aranha e os meias Elano e Vitor Hugo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantosCharles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.