Paulo Pinto|Divulgação
Paulo Pinto|Divulgação

Chavez mira recomeço do São Paulo com Rogério Ceni no comando

Argentino marcou duas vezes na goleada sobre o Santa Cruz

O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2016 | 21h24

Autor de dois gols na vitória elástica do São Paulo sobre o Santa Cruz por 5 a 0 na última rodada do Brasileirão, o argentino Chavez já está com a cabeça na próxima temporada. Para o atacante, que tem contrato com a equipe até o meio de 2017, a chegada do ídolo Rogério Ceni trará uma nova mentalidade para a equipe.

"O ano que vem será um recomeço com o técnico que foi o maior ídolo do São Paulo. Já conversamos, sabemos que ele vai querer conquistar coisas importantes, assim como nós. Agora é hora de descansar com a família e planejar bem a temporada que vem", disse Chavez na saída do campo.

Destaque da partida, o jovem David Neres também mandou o seu recado para o novo comandante ao abrir o placar para o São Paulo logo no primeiro minuto de jogo. "Para mostrar que ele (Ceni) pode confiar em mim no ano que vem", enfatizou o jogador de 19 anos. 

Chavez fechou o Campeonato Brasileiro como artilheiro são-paulino, com nove gols. E, apesar do ano irregular do Tricolor, fez um balanço positivo. "Eu queria terminar o ano ganhando, sabemos que não foi o melhor ano do São Paulo, mas para mim foi muito positivo, consegui jogar quase todas e fazer gols."

A goleada também deixou outros jogadores do elenco entusiasmados, como Luiz Araújo, de 20 anos. "Estou muito feliz pela vitória de hoje (domingo), pelo jogo que a equipe fez, com um a menos batalhou e saiu com vitória maiúscula sobre uma equipe qualificada." Assim como o treinador Pintado: "Importante terminar o ano com uma alegria dessa para o torcedor."

O São Paulo terminou o Brasileirão com 52 pontos, na 10ª posição da tabela. Com isso, disputará a Copa Sul-Americana, mas está fora da Copa Libertadores em 2017. Ainda assim, a torcida - empolgada com a contratação de Ceni - está em paz com o time tricolor. Os jogadores do São Paulo entram em férias a partir de segunda-feira e se reapresentam em janeiro. O principal compromisso na pré-temporada será a Florida Cup, nos Estados Unidos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.