Chefe da arbitragem romena é preso por corrupção

O presidente da Associação de Árbitros de Futebol da Romênia foi preso nesta segunda-feira sob a acusação de ter recebido suborno de 19 mil euros de um empresário. Um tribunal romeno decidiu que Vasile Avram ficará detido por 29 dias enquanto aguarda o julgamento.

AE-AP, Agência Estado

26 de setembro de 2011 | 12h35

Os promotores disseram que o empresário Sorin Ioan Terbea deu o dinheiro para Avram

garantir que os árbitros "concordassem" em ajudar a manipular as partidas do FCM Targu Mures na primeira divisão do futebol romeno na temporada 2011/2012.

De acordo com os promotores, Avram fez uma viagem em um helicóptero cedido gratuitamente por Terbea, em mais um indício de um novo caso de corrupção no futebol da Romênia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRomêniaarbitragemcorrupção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.