Chefe-executivo do futebol inglês deixa cargo

Ian Watmore deixou o cargo de chefe-executivo da Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) depois de exercer a função por apenas nove meses. David Triesman, presidente da FA, afirmou nesta segunda-feira que o dirigente lhe entregou o pedido de renúncia na última sexta.

AE-AP, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 15h27

Watmore estaria insatisfeito com o poder que a Premier League, responsável pela organização do Campeonato Inglês, tinha no futebol da Inglaterra. Triesman disse que pediu para o dirigente reconsiderar a sua decisão no fim de semana, mas não houve mudança e então ele aceitou o pedido com "grande pesar".

Triesman afirmou que a direção da FA deve se reunir na quarta-feira para decidir os próximos passos com a saída de Watmore, que substituiu Brian Barwick em junho de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInglaterraFAIan Watmore

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.