Mourão Panda/ América-MG
Mourão Panda/ América-MG

Cheio de garotos, Corinthians fica no 0 a 0 com o América-MG em Belo Horizonte

Jair Ventura poupa jogadores e resultado da partida faz o time alvinegro chegar aos 35 pontos na oitava colocação do Brasileiro

Rafael Franco, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2018 | 21h39

Sem Danilo Avelar, Douglas e Jadson, poupados por opção de Jair Ventura, e os lesionados Fagner, Renê Júnior e Jonathas à disposição, o Corinthians foi a campo neste sábado à noite com um time cheio de garotos, no estádio Independência, em Belo Horizonte, e ficou no empate sem gols com o América-MG.

O placar de 0 a 0 fez o time corintiano chegar aos 35 pontos na oitava colocação do Campeonato Brasileiro e permanece longe do grupo dos seis primeiros, fechado hoje pelo Atlético-MG, com 42 pontos. Já a equipe mineira segue na segunda metade da tabela, com 32 pontos, no 12º lugar.

Com seis atletas escalados com idade entre 19 e 21 anos, a equipe alvinegra tinha leveza para chegar ao ataque. Novidade na ala esquerda, Carlos Augusto deu ótimo passe para Mateus Vital tentar abrir o placar aos 12 minutos, mas o meia parou em boa defesa de João Ricardo.

O xodó Pedrinho, agora com chance de começar como titular após ter sido herói da classificação à final da Copa do Brasil ao entrar no decorrer da partida contra o Flamengo, na última quarta-feira, também fez o goleiro do América-MG trabalhar em chute forte aos 31 minutos.

Mas o que parecia se desenhar como uma noite com gols corintianos caiu por terra pelas limitações de um time desentrosado e que tinha apenas Romero como atacante de ofício. Assim, muitas vezes se tornava previsível para os defensores adversários.

O time mineiro nada criava e voltou para a etapa final com as entradas de Juninho e Matheusinho no meio-campo. Entretanto, mesmo com espaço para jogar - o Corinthians fez sua primeira falta no jogo aos 26 minutos da etapa final -, pouco atacou e só viu esperança de gol em um lance no qual pediu pênalti após a bola tocar no braço de Ralf. O toque, porém, foi involuntário e o juiz não marcou a infração.

Clayson e Romero ainda deram lugares para o estreante Sergio Díaz e Roger. O paraguaio levou perigo em chute de longe, enquanto o centroavante pouco fez. No fim, o time reclamou de pênalti de Gerson Magrão em Gabriel, calçado dentro da área, mas o árbitro também não assinalou a penalidade.

Após o duelo deste sábado, o Corinthians voltará a campo pelo Brasileirão na próxima sexta-feira, às 21 horas, contra o Flamengo, em sua arena. Já o América-MG terá pela frente o Atlético-PR no sábado, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 0 X 0 CORINTHIANS

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Gerson Magrão; Leandro Donizete, David (Juninho), e Ruy; Luan, Wesley Pacheco (Matheusinho) e Robinho (Zé Ricardo). Técnico: Adilson Batista.

CORINTHIANS - Cássio; Gabriel, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Araos (Thiaguinho), Mateus Vital, Clayson (Sergio Díaz) e Pedrinho; Romero (Roger). Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÃO AMARELO - Clayson (Corinthians).

PÚBLICO - 8.012 pagantes.

RENDA - R$ 99.755,00.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.