Érico Leonan / São Paulo
Érico Leonan / São Paulo

Cheio de garotos da base, São Paulo volta aos trabalhos no CT

Titulares não vão a campo na reapresentação da equipe, na manhã desta segunda-feira

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

20 Agosto 2018 | 14h11

Horas após derrotar a Chapecoense por 2 a 0 no Morumbi, o elenco do São Paulo voltou aos trabalhos, na manhã desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. A comissão técnica de Diego Aguirre comandou um trabalho físico e tático com os reservas que não enfrentaram os catarinenses, recheado com seis garotos das divisões de base.

Os titulares ficaram na parte interna fazendo trabalho regenerativo. As exceções foram Hudson e Nenê, que entraram no decorrer da partida de domingo. Porém, eles apenas deram algumas voltas pelo campo e logo se juntaram aos demais. Da equipe considerada a "principal" de Aguirre, treinaram com bola Reinaldo e Anderson Martins (este vem se revezando com Bruno Alves na zaga). Isso porque ambos foram poupados do duelo que encerrou a participação são-paulina no primeiro turno.

Da molecada do time sub-20 integrada ao time profissional nesta segunda, o goleiro Eduardo, o lateral-direito Carlinhos, o volante Cássio e o meia Igor Gomes seguirão treinando até sábado. Já o meia Gabriel Sara e o atacante Gabriel Novaes tiveram participações pontuais e retornarão ao seu grupo nesta terça.

Em campo, a comissão exigiu bastante dos jogadores em exercícios físicos que alternavam um circuito com corridas, saltos e movimentação rápida de pernas. Depois, com a bola rolando, o elenco acabou dividido em dois grupos que treinavam em campos separados. Por fim, estes se juntaram e fizeram um trabalho coletivo privilegiando as chegadas com rapidez ao gol adversário.

Lugano tira sarro de Jean nas faltas

Ao fim da atividade, o goleiro Jean e os atacantes Tréllez e Gonzalo Carneiro ficaram calibrando a pontaria em cobranças de faltas sem goleiro, apenas com a barreira fixa posicionada. "Boa, Jean, ao menos as bolas passaram pela barreira!", cornetou o ex-zagueiro Lugano, enquanto saía do campo em direção à parte interna do CT. O hoje superintendente de relações institucionais do clube costuma acompanhar alguns treinamentos com o seu inseparável mate, bebida típica no sul do País e do continente.

O São Paulo volta aos treinos na manhã desta terça, antes de viajar até Curitiba. Na quarta, a equipe encara o Paraná, às 19h30, no Durival Britto, pela abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.