Chelsea aplica 7 a 2 no Sunderland e mantém liderança

Anelka (2), Lampard (2), Malouda, Cole e Ballack marcaram os gols do time londrino no Stamford Bridge

AE, Agencia Estado

16 de janeiro de 2010 | 15h52

O Chelsea mostrou neste sábado porque é o líder do Campeonato Inglês. Mesmo sem poder contar com quatro jogadores que disputam a Copa Africana de Nações, o time londrino aplicou 7 a 2 no Sunderland e empolgou a torcida presente no Estádio Stamford Bridge.

Com o resultado, o Chelsea garantiu a ponta, com 48 pontos, e não deixou o Manchester United subir na tabela. O rival venceu o Burnley por 3 a 0 e se manteve na cola do líder do campeonato, com 47. Já o Tottenham, agora com 38, tropeçou em casa e perdeu a chance de seguir na briga pelas primeiras posições.

A goleada deste sábado foi encaminhada com uma brilhante atuação no primeiro tempo. A contagem começou com Anelka, aos 8 minutos de jogo, após passe de Ballack. Aos 17, Malouda escapou do meio-de-campo e bateu da entrada da área para marcar o segundo com facilidade.

Cinco minutos depois, foi a vez de Ashley Cole ampliar. Ele cortou o zagueiro pela esquerda e bateu com categoria. Sem conseguir reagir, o Sunderland acabou levando o quarto gol. Aos 34, Lampard deixou a sua marca e levantou as arquibancadas na saída para o intervalo.

O cenário não se alterou no segundo tempo. E Ballack completou cruzamento de Joe Cole para anotar o quinto gol dos anfitriões, aos 7. Quatro minutos depois, os visitantes conseguiram dar um suspiro em meio à pressão do Chelsea, com gol de Zenden. Mas Anelka, pela segunda vez, e Lampard balançaram as redes na sequência. Nos acréscimos, Bent marcou mais um para o Sunderland, evitando um fiasco maior.

VEJA TAMBÉM:
\"lista\" INGLÊS - Leia mais da competição
\"tabela\" INGLÊS - Tabela / Classificação

No Estádio Old Trafford, o Manchester United fez a lição de casa e bateu o Burnley, com certa dificuldade. Os gols só saíram no segundo tempo. Berbatov, Rooney e Diouf marcaram para os anfitriões.

Também em casa, o Tottenham não passou do 0 a 0 com o Hull City e estacionou na quinta colocação da tabela, com 38 pontos. O adversário escapou provisoriamente da zona de rebaixamento, ao chegar aos 19. O Wigan bateu o Wolverhampton por 2 a 0, em casa. A partida entre Portsmouth e Birmingham foi adiada porque o gramado do estádio ficou encharcado, após forte chuva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.