Matt Dunham/AP
Matt Dunham/AP

Chelsea arranca no fim, derrota o Watford e encerra série de tropeços no Inglês

Vitória por 4 a 2 sobre sensação da temporada deixa londrinos na quarta colocação

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2017 | 11h34

O Chelsea escapou de somar seu terceiro tropeço consecutivo no Campeonato Inglês neste sábado. Em um complicado duelo diante do Watford, maior sensação da temporada, o time londrino viveu altos e baixos, mas marcou duas vezes nos últimos minutos e levou a melhor por 4 a 2, no Stamford Bridge, pela 16.ª rodada.

+ Confira a tabela do Campeonato Inglês

De nada adiantou a boa atuação do brasileiro Richarlison, autor da assistência no segundo gol do Watford e que infernizou a defesa adversária, mas perdeu duas chances incríveis. Falou mais alto a estrela de Willian, que deu o cruzamento para o gol que selou a virada do Chelsea.

O resultado colocou o time londrino na quarta colocação da tabela, com 16 pontos, um à frente justamente do Watford, que caiu para quinto. Na quarta-feira, o Chelsea volta as atenções para a Copa da Liga Inglesa, pela qual recebe o Everton. Já o Watford volta a campo somente no sábado, contra o Stoke City, em casa, pelo Campeonato Nacional.

Em busca de deixar o mau momento para trás, o Chelsea começou pressionando neste sábado e não demorou para abrir o placar. Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio curto, Pedro foi acionado fora da área e emendou de primeira, cruzado, com muita felicidade. A bola ainda tocou na trave, quase no ângulo, antes de entrar.

O gol tornou os donos da casa ainda mais soberanos na partida e o segundo só não saiu cinco minutos depois porque Fábregas foi displicente quando ficou de frente para Gomes e tentou um leve toque por cobertura, bloqueado pelo brasileiro. Aos 40, o confronto se repetiu e, desta vez, o espanhol encheu o pé, mas Gomes voltou a defender.

O Watford parecia entregue, mas em um lance fortuito, chegou ao empate logo em sua primeira oportunidade. Aos 47 minutos, Femenía cobrou lateral direto para a área, David Luiz afastou e Doucouré emendou de primeira para vencer Courtois.

O gol embalou o Watford, que voltou superior para o segundo tempo. Logo aos dois minutos, Richarlison perdeu chance inacreditável. Após cruzamento da direita, o brasileiro recebeu sozinho na pequena área, mas errou o chute e acertou a bola de raspão.

Só que no lance seguinte, o mesmo Richarlison se redimiria. Bakayoko errou, o Watford puxou contra-ataque e o brasileiro deu passe preciso para Pereyra, que ficou sozinho de frente para Courtois e não desperdiçou.

As chances seguiam aparecendo para Richarlison, mas o brasileiro não vivia grande dia como finalizador. Aos oito minutos, ele recebeu cruzamento na medida de Britos e subiu sozinho, no meio da área do Chelsea. Mas novamente não pegou em cheio na bola e desperdiçou a oportunidade.

Mesmo assim, desta vez era o Watford que parecia ter o jogo controlado. Só que bastou ao Chelsea uma chance para empatar novamente. Aos 26 minutos, Pedro cruzou da direita, Batshuayi se antecipou e desviou de cabeça para a rede. O mesmo belga ainda teria uma grande oportunidade aos 37, mas errou o alvo por pouco.

E quando parecia que o empate estava selado, o Chelsea voltou a levar a melhor pelo alto para virar. Aos 42 minutos, Willian cruzou da direita, a defesa não conseguiu afastar e Azpilicueta apareceu para marcar. Nos acréscimos, Batshuayi ainda marcou mais uma vez para selar o placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.