Phil Noble/Reuters
Phil Noble/Reuters

Chelsea cede empate e perde chance de aumentar vantagem na liderança do Inglês

Vantagem para Arsenal e Tottenham fica em dez pontos; Manchester City pode diminuir para oito

Estadão Conteudo

12 Fevereiro 2017 | 13h54

Depois da derrota do vice-líder Tottenham para o Liverpool, no sábado, o Chelsea teve uma chance de ouro para aumentar ainda mais a vantagem na liderança do Campeonato Inglês, neste domingo. No entanto, jogando fora de casa, o time comandado pelo técnico Antonio Conte cedeu o empate por 1 a 1 ao Burnley e tropeçou na rodada.

Com a igualdade, a equipe londrina chegou aos 60 pontos, abrindo dez de vantagem sobre Tottenham e Arsenal. No entanto, poderá ter reduzida para oito a distância para o Manchester City, se o time de Joseph Guardiola confirmar o favoritismo sobre o Bournemouth, na segunda-feira, no encerramento da rodada.

Em grande momento na temporada, o Chelsea não demorou para se impor em campo diante do rival, atual 12º colocado da tabela. Logo aos seis minutos, Pedro aproveitou rápido contra-ataque da equipe londrina e mandou para as redes.

O Burnley, contudo, não se intimidou diante da vantagem do líder, grande favorito ao título. Aos 23 minutos, Robbie Brady acertou linda cobrança de falta e mandou no ângulo, sem dar chances ao goleiro Courtois.

No segundo tempo, o time visitante caiu de rendimento e passou a cadenciar o jogo. E, diante de uma defesa razoável do Burnley neste domingo, o Chelsea não conseguiu marcar o gol que lhe daria mais três pontos na tabela.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Internacionalfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.