Chelsea define substituto de Peter Kenyon

O Chelsea anunciou nesta quinta-feira o substituto de Peter Kenyon, que vai deixar o cargo de diretor executivo do clube londrino após mais de cinco anos. Ron Gourlay, que era o chefe de operações do time inglês, assumirá o novo cargo após a saída de Kenyon, marcada para 31 de outubro.

AE, Agencia Estado

17 de setembro de 2009 | 13h06

Gourlay tem 46 anos e está no Chelsea há cinco anos, exercendo diversas funções diferentes. O dirigente trabalha com futebol há 25 anos e, assim, como Peter Kenyon, também já passou pelo Manchester United.

No novo cargo, Gourlay terá a pressão de manter os bons resultados obtidos pelo Chelsea nos mais de cinco anos em que teve Kenyon como diretor executivo. Neste período, o time foi campeão inglês duas vezes e vice-campeão da Liga dos Campeões da Europa de 2008, ao perder a final para o rival Manchester United.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolChelseaRon Gourlay

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.