Ian Walton / Reuters
Ian Walton / Reuters

Chelsea domina Leicester, mantém série invicta e continua isolado na liderança do Campeonato Inglês

Equipe londrina chega ao nono jogo seguido sem derrota na temporada e continua no topo da tabela com 29 pontos

Redação, Estadão Conteúdo

20 de novembro de 2021 | 11h40

Após a pausa de duas semanas durante a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo, a bola voltou a rolar pelo Campeonato Inglês neste sábado, quando o Chelsea abriu a 12ª rodada com uma vitória por 3 a 0 sobre o Leicester, no King Power Stadium. No retorno após o período sem partidas, o time comandado por Thomas Tuchel mostrou a mesma consistência de antes e chegou ao nono jogo seguido sem derrota na temporada.

Na liga nacional, são seis jogos de invencibilidade, com um empate e cinco vitórias, campanha que mantém a equipe londrina tranquila na liderança, com 29 pontos. Já o Leicester continua oscilando bastante, atualmente na 15º posição, com 15 pontos, sob o risco de perder posições até o final da rodada. 

O Chelsea jogou com intensidade no campo de ataque desde os primeiros momentos da partida, tanto que Chilwell acertou uma bola na trave logos aos três minutos. Pouco tempo depois, aos 13, o time londrino abriu o placar explorando uma das principais fragilidades da defesa do Leicester: a bola área. Assim, uma boa cobrança de escanteio de Chilwell terminou com o zagueiro Rüdiger desviando de cabeça para a rede, sem chances para Schmeichel.  

As falhas defensivas do time da casa não se limitaram às bolas alçadas pelo adversário. Também havia dificuldade na marcação no meio de campo, comandado por jogadas do ítalo-brasileiro Jorginho, ponto de equilíbrio do Chelsea. Com o domínio no setor diante das complicações vividas pelo adversário, Kanté, outro meio-campista em dia inspirado, teve todo o espaço necessário para avançar tranquilamente até a meia-lua, de onde acertou um chute firme de perna esquerda para marcar um belo gol no King Power Stadium, aos 27 minutos.

No segundo tempo, o Chelsea não se acomodou e buscou o terceiro gol. Em alguns momentos, deu espaços ao Leicester, como no lance em que Amartey chutou de fora da área e obrigou Mendy a fazer uma boa defesa, mas a ameaça adversária não foi muito longe. O objetivo londrino foi alcançado aos 26 minutos, quando Ziyech pedalou dentro da área, tirou a marcação do lance e tocou para Pulisic ampliar a vantagem. Os dois protagonistas do gol saíram do banco de reservas, substituindo Havertz e Mount.

O time visitante seguiu criando uma série de chances, mas não voltou a marcar. De qualquer forma, a torcida ficou mais do que satisfeita, principalmente com algumas atuações específicas, como a de Jorginho, que recebeu aplausos e teve o nome cantando ao ser substituído.

Agora, o Chelsea se prepara para uma sequência dura. O próximo compromisso, na terça-feira, será contra a Juventus, pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, no Stamford Bridge. Depois disso, o adversário será o Manchester United, na 13ª rodada do Campeonato Inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.