Andrew Boyers/ Reuters
Andrew Boyers/ Reuters

Chelsea é declarado campeão da Superliga Feminina na Inglaterra

Equipe também se classificou para a Liga dos Campeões Feminina da próxima temporada

Shrivathsa Sridhar, Reuters

05 de junho de 2020 | 18h25

O Chelsea conquistou o título da Superliga Feminina de futebol e o Aston Villa foi declarado vencedor da segunda divisão pela Federação Inglesa de Futebol (FA) nesta sexta-feira após cancelamento da temporada devido à pandemia de covid-19.

"O Conselho da FA chegou a uma decisão majoritária sobre a Superliga e o Campeonato Feminino (segunda divisão) da FA 2019-20 em um sistema de ponto por jogo, com promoção e rebaixamento determinados por mérito esportivo", afirmou a FA em comunicado.

"Como resultado, o Conselho de Administração da FA confirmou hoje a decisão de conceder o título da Superliga Feminina Barclays FA 2019-2020 ao Chelsea FC Women e do Campeonato Feminino FA 2019-2020 ao Aston Villa Women FC."

A decisão de conceder o título por média de pontos por jogo representa um golpe para o Manchester City, que estava no topo da tabela da WSL e um ponto à frente do segundo colocado Chelsea com um jogo a mais do que seus rivais, quando a temporada foi interrompida em meados de março.

Ambas as equipes se classificaram para a Liga dos Campeões Feminina da próxima temporada. O último colocado Liverpool, cuja equipe masculina está a duas vitórias de garantir seu primeiro título inglês em 30 anos, será rebaixado para a segunda divisão na temporada 2020/21.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.