Chelsea e Liverpool definem nesta quarta o 2.º finalista

Depois de empatar o primeiro confronto em 1 a 1, equipes voltam a se enfrentar no Stamford Bridge

Agência Estado,

29 de abril de 2008 | 19h06

Chelsea e Liverpool decidem nesta quarta-feira quem irá fazer a final inglesa com o Manchester United na Liga dos Campeões da Europa. Os dois rivais se enfrentam a partir das 15h45 (horário de Brasília), em Stamford Bridge - o estádio do Chelsea -, em Londres, onde o Liverpool não costuma ter muito sucesso.   Veja também:  Manchester United vence Barcelona e vai à final da Liga   Desde que passou a ser comandado pelo técnico espanhol Rafa Benitez, em 2004, o Liverpool já enfrentou o Chelsea oito vezes em Stamford Bridge e não conseguiu marcar um único gol sequer. E, se não quebrar esse jejum nesta quarta-feira, será eliminado da Liga dos Campeões, pois, como ficou no 1 a 1 no primeiro confronto da semifinal, precisa da vitória ou de um empate com gols.   "Temos vários jogadores que sabem fazer gols, como Torres, Gerrard, Babel, Crouch, Xabi Alonso. Um gol pode ser o suficiente para nós", afirmou Rafa Benitez, que, no entanto, terá outro desafio nesta quarta-feira. O Chelsea não perde em seu estádio há 81 partidas - desde fevereiro de 2006 -, o que torna a missão do Liverpool ainda mais complicada.   "Tenho de admitir que o Chelsea entrará em vantagem. Mas temos condição de conseguir a vaga na final", disse o meia Gerrard, capitão do Liverpool. Ele sabe que a tradição conta a favor de seu time, que já conquistou o título da Liga dos Campeões cinco vezes, enquanto o rival inglês não chegou sequer a uma final.   O Liverpool, inclusive, enfrentou e venceu o Chelsea em duas das três últimas edições da Liga dos Campeões, sempre nas semifinais - em 2005 e 2007. Dessa vez, no entanto, o time de Londres tem a vantagem de jogar em casa e, aparentemente, vive um melhor momento.   O Chelsea venceu o Manchester United no último sábado e, com isso, empatou com o próprio Manchester na liderança do Campeonato Inglês - faltando duas rodadas, os dois disputam o título jogo a jogo, enquanto o Liverpool já está fora dessa briga. Para completar, o time de Londres terá os retornos do ganês Essien, que cumpriu suspensão, e do inglês Lampard, recuperado após a recente morte de sua mãe.

Tudo o que sabemos sobre:
ChelseaLiverpoolLiga dos Campeões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.