Chelsea e Liverpool ficam no empate

Terminou 0 a 0 o primeiro confronto entre Chelsea e Liverpool, pelas semifinais da Liga dos Campeões da Europa. As duas equipes inglesas se enfrentaram nesta quarta-feira, em Londres, e voltam a jogar na próxima terça para definir quem vai à final do torneio - Milan e PSV Eindhoven disputam a outra vaga. Ninguém quis se arriscar no confronto desta quarta-feira, o que proporcionou poucos momentos de emoção na partida. O Chelsea, a um passo de tornar-se campeão inglês, tratou de tocar a bola, como se o gol fosse surgir naturalmente. A tática não deu certo e a melhor oportunidade apareceu apenas em um chute de Lampard, que passou por cima da trave. O Liverpool não foi muito melhor do que isso. A rigor, também teve uma única grande chance, em cabeçada do atacante Baros que o goleiro Cech desviou com a ponta dos dedos. Mesmo assim, os dois treinadores gostaram do resultado. O espanhol Rafa Benitez considerou excelente empatar no campo do adversário. "Vamos decidir em casa, o que sempre é muito bom", disse o técnico do Liverpool. Já o português José Mourinho não deixou por menos. Campeão europeu do ano passado com o Porto, ele admitiu que a situação está sob controle, embora pretendesse melhor sorte para sua equipe. "Tomamos mais a iniciativa do jogo. Mas, por ser uma semifinal de Liga dos Campeões, foi muito bom", afirmou o técnico do Chelsea. "Temos condições de marcar gols e vencer fora de casa. Essa é uma situação que me agrada muito."

Agencia Estado,

27 Abril 2005 | 17h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.