Chelsea goleia e mantém 100% na Liga dos Campeões

O Chelsea não teve grandes dificuldades nesta quarta-feira para manter o 100% de aproveitamento na Liga dos Campeões. Já líder do Grupo D, o time inglês recebeu o Atlético de Madrid no Stamford Bridge e aplicou 4 a 0 no rival espanhol, que ainda não venceu na competição. Na vitória em Londres, Kalou marcou duas vezes e Lampard foi o grande maestro dos anfitriões, também fazendo um gol.

AE, Agencia Estado

21 de outubro de 2009 | 19h12

Na luta pelo título inédito da Liga dos Campeões, o Chelsea aparece com nove pontos no Grupo D. O segundo colocado da chave é o Porto, que venceu o APOEL, do Chipre, por 2 a 1, também nesta quarta. O time português tem seis pontos. O APOEL e o Atlético somam apenas um ponto cada, ficando em situação complicada para conquistar uma das duas vagas no grupo.

O Chelsea entrou em campo no Stamford Bridge desfalcado do atacante Didier Drogba, suspenso. Mas outro jogador da Costa do Marfim compensaria a sua ausência. Em um primeiro tempo truncado, os anfitriões abriram o placar aos 41 minutos. Lampard, que centralizava a armação da equipe, fez passe na direita para Ashley Cole. Ele cruzou rasteiro e Kalou marcou o seu primeiro.

No segundo tempo, Kalou voltaria a ser decisivo para dar tranquilidade ao Chelsea logo no início. Se aproveitando da fraca defesa do Atlético, Kalou marcou de cabeça após cobrança de escanteio de Lampard, aos sete minutos. Já aos 24, o próprio meia arriscou de longe e fez o seu. Aos 45, o time londrino cobrou falta na lateral e Perea cabeceou de costas para marcar contra.

Na outra partida do grupo, o brasileiro Hulk foi o grande destaque na vitória do Porto, que jogava em casa. Depois que o APOEL inaugurou o marcador em um lance de sorte, com o gol contra de Pereira, o atacante marcou os dois gols da virada portuguesa. Ainda no primeiro tempo, ele bateu na saída do goleiro para empatar, e no começo da segunda etapa fez 2 a 1 de pênalti.

Pela próxima rodada do Grupo D, será a vez do Atlético de Madrid receber o Chelsea, no dia 3 de novembro, precisando desesperadamente da vitória para ainda sonhar com a classificação. No mesmo dia, o Porto vai a Nicósia encarar o APOEL.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiga dos CampeõesChelsea

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.